domingo, 21 de fevereiro de 2010

A Mulher Deve Permanecer Calada na Igreja?



Uau!!! Que pergunta!! Talvez alguém já esteja pensando: "Hunf! Olha lá, Aline, o que tu vais falar!"...heheh... Mas, já há algum tempo o Senhor tem me feito pensar a respeito deste assunto. Para quem não sabe o porquê de eu estar abordando este tema, eis a explicação (palavras de Paulo de Tarso):

"Como em todas as igrejas dos santos, conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina. Se, porém, querem aprender alguma coisa, interroguem, em casa, a seu próprio marido; porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja. Porventura, a palavra de Deus se originou no meio de vós ou veio ela exclusivamente para vós outros? Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado." (I Coríntios 14: 33b - 38)

Ai!!! Alguém aí deu prendeu a respiração ao ler essa última parte "Se alguém se considera espiritual..."... "E, se alguém o ignorar, será ignorado"... ou foi só eu?

Er... mas, pra "piorar" um pouco nossa situação a esse respeito, devo dizer-lhes que existem MAIS palavras bíblicas confirmando isto:

"A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio." (I Timóteo 2: 11-12)

Bom, é verdade que nós podemos ler nossas Bíblias e achar que não precisamos levar tudo a sério e, segundo nossa conveniência, pular algumas passagens que nos parecem meio incoerentes, ou mesmo classificá-las como ruins para que não precisemos prestar atenção nelas. Na verdade, a maioria faz isso!

Seria muito fácil eu ler essas passagens e, como a maioria dos comentários que já li a esse respeito, dizer que esses são pensamentos "machistas" e que eles são resultado da época machista em que foram escritos. É ou não é verdade que muitos dos ensinos bíblicos tem sido ignorados ou condenados com essa justificativa? "Era uma época diferente"... Mas, será mesmo que simplesmente dizer que aquela época era "machista" e EM FUNÇÃO DISSO, os Servos de Deus, escolhidos para escrever a Sua Palavra, os quais nós costumamos chamar de Heróis da Fé (especialmente Paulo, com toda a sua influência da contrução do Cristianismo), os "Pais" da Igreja Primitiva, eles ESCREVERAM ALGO QUE NÃO TEM MAIS NENHUM SENTIDO PARA NÓS HOJE? Será que vamos dizer também (na verdade, já é dito, indiretamente) que eles também eram HOMENS DE DEUS "machistas"? E só mais uma pequena perguntinha: onde estava DEUS, o Seu ESPÍRITO SANTO, nessa hora, que não convenceu os SEUS SERVOS de que aqueles ensinos eram "machistas" e NÃO ERAM DELE? Será que Ele deixou "passar essa" (e muitas outras)? E pior: DUAS VEZES, pra DUAS igrejas diferentes??? Bom, seria um grande vacilo, não é mesmo? E Paulo é brabo e bastante enfático:

"Porventura, a palavra de Deus se originou no meio de vós ou veio ela exclusivamente para vós outros? Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado."

E aí? Será que nessa hora Paulo deixou de ser aquele homem escolhido por Deus para, segundo a revelação do Espírito Santo, pregar a palavra de Deus aos gentios? Será que nós realmente podemos confiar no que ele disse?

Eu creio que Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, já podia antever a realidade que a Igreja de Cristo viria a viver. É importante lembrar para quem Paulo estava pregando estas palavras: para a igreja em Corinto e para Timóteo, que estava em Éfeso. Gentios! Paulo não estava falando estas coisas a judeus. Eles, provavelmente, já sabiam disso e praticavam este costume, afinal, Paulo diz: "mas estejam submissas como também a lei o determina". A lei, a Torá, já ensinava este costume, as mulheres israelitas provavelmente já o praticavam (sem esquecer que Paulo era judeu instruído em toda a Lei). Mas e os gentios? Será que em Corinto e em Éfeso havia este costume entre as mulheres? Provavelmente não. Eles precisavam aprender sobre como viver. E Paulo os diz que devem fazer isso.

O interessante são as últimas palavras de Paulo aos coríntios, como ele dá ênfase ao seguimento desta determinação: "se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado". Através destas palavras, podemos ver que Paulo não considerava este um assunto qualquer, sem importância. Não era um assunto pra ser "deixado pra lá", mas ele admoesta a Igreja a reconhecer este como um mandamento do Senhor! E que ninguém o ignore! Por que? Por que será que Paulo dá toda essa ênfase nesse assunto?

Minha opinião? Porque ele já sabia que este não seria um mandamento simples de ser cumprido e seguido! Porque ele já podia antever espiritualmente que as pessoas o ignorariam, que elas se achariam no direito de passar por cima dele, achando que seus conhecimentos da Palavra e da Verdade eram superiores a este ensino. E porque ele sabia do mal que a perda da submissão da mulher poderia causar à Igreja de Cristo!

Estudar o que a Bíblia fala a respeito das mulheres é um assunto de suma importância pra mim. Por que? Porque é isto que eu preciso aprender, são as verdades de Deus sobre meu papel como mulher que eu quero viver! E porque tudo o que este mundo tem pregado sobre o papel das mulheres é tão contraditório e destrutivo que eu preciso saber em que áreas tenho sido enganada - inclusive dentro mesmo das igrejas. Isso é algo MUITO relevante pra mim, enquanto Mulher, Filha e Serva de Deus! E eu quero descobrir a Verdade da Palavra de Deus para minha vida enquanto MULHER!

Então, vamos à pergunta do título da postagem: "A mulher deve permanecer calada na igreja?".

Alguém vai me dizer: "Aline, não vai dizer que você concorda com tudo o que Paulo escreveu!".

Hum, que tal: SIM!

Primeiro: QUEM SOU EU PARA DISCORDAR DA BÍBLIA - AS SAGRADAS ESCRITURAS, da qual Jesus mesmo disse: "até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra" (Mateus 5:18)? Quem sou eu para achar que "a palavra se originou em MIM, na minha sociedade, nas limitações culturais do MEU TEMPO, ou que ela veio exclusivamente para mim"? Quem sou eu para dizer que PAULO (uhh!! Paulo é um dos caras que mais admiro na Bíblia!) estava errado e EU (e minha "sociedade moderna e não machista") ESTOU CERTA?

Segundo: Eu não sei vocês, mas eu não quero ser incluída no grupo dos "E, se alguém o ignorar, será ignorado". :| . E, também não sei vocês, mas acho que todos os que estamos lendo este post nos consideramos "espirituais", afinal, dizemos que somos Cristãos e estamos buscando as coisas de DEUS! Portanto, que tal dar um pouquinho de crédito para Paulo e pensar sobre o que Ele falou?

Pois bem. Hoje eu estava pensando sobre isso. Hoje em dia é quase impossível você chegar em uma igreja e não ver uma mulher no púlpito ministrando a Palavra. Isso é a coisa mais comum nas igrejas cristãs de todo tipo. Em alguns lugares, a maior parte do tempo quem está no púlpito, dirigindo o culto, são mulheres! Então, eu comecei a pensar: "Ué, Senhor, será que ninguém nunca leu esses versículos, ou será que houve uma alteração na Bíblia e ninguém me disse nada?" (obs: é claro que eu passei a fazer essa pergunta há muito pouco tempo, cerca de 1 ano atrás, desde quando entendi o real significado da BÍBLIA, e comecei a buscar o que ela fala sobre e para as mulheres). O que aconteceu?

Geralmente, quando vejo uma mulher casada pregando, fico procurando o seu marido e tentando imaginar o que será que ele está pensando? rs.. Bom, acho que ela não fica parecendo muito "liderada" ou "submissa" a ele, enquanto ela está pregando "poderosamente" uma palavra que é para toda a igreja e, inclusive, para ele mesmo! É, sei lá, os caras parece que ficam meio "a segundo plano" de suas esposas quando elas estão à frente de toda a congregação liderando o culto! É algo meio estranho (e, acreditem, eu não sou machista! rs).

E, então, fiquei pensando em "Por quê?". Por que será que Deus mandou Paulo dizer que as mulheres devem permanecer caladas na igreja (obs: ambos os versículos falam sobre o comportamento das mulheres nas igrejas, em cultos públicos), que ela não deve ensinar ou questionar, mas buscar aprender com seu marido em casa? Será que Deus mesmo é "machista"? (misericórdia! Deus perdoe esta blasfêmia!).

E, como imagino que vocês devem saber, eu gosto muito de ler a respeito das diferenças primordiais entre homens e mulheres, diferenças de comportamento, de pensamentos, de sentimentos, etc, inclusive (e principalmente) em livros científicos e seculares, para fazer um paralelo com o que a Bíblia fala. O que tenho descoberto, com estas leituras, é que o que estes livros "modernos" sobre Homem x Mulher, do tipo "Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus", "Por que os Homens mentem e as Mulheres choram?", "Por que os Homens fazem sexo e as Mulheres fazem amor", ainda que eles não sejam verdadeiros em tudo o que colocam, porque, algumas vezes, eles são fatalistas e pregam que devemos nos conformar com situações como os altos índices de adultério masculino, ainda assim, eles falam sobre diferenças primordiais entre homens e mulheres que são retratadas na própria Bíblia. Ou que nos ajudam a entender o porquê de Deus ter determinado certos papéis, responsabilidades e limites para cada sexo.

Esse é um assunto que ainda vai render muitos posts, mas hoje quero falar sobre certas características da mulher que podem nos ajudar a entender o porquê de Deus ter inspirado Paulo a escrever aquelas palavras. Não vou poder escrever muito neste post, porque já escrevi demais e, caso eu não termine logo, muitos podem desistir de chegar ao fim do post!! rs.. Mas escreverei mais em breve. Mas, vamos pensar em algumas características peculiares de nós, mulheres:

1) Nós AMAMOS falar! Isso já está mais do que comprovado cientificamente: mulheres falam MUITO MAIS do que os homens!!! Vejam esses dados: Mulheres usam por dia, em média, 6.000 a 8.000 palavras, enquanto que os homens, usam, em média, 2.000 a 4.000 palavras!! Isso é algo nítido! Nós mulheres FALAMOS MUITO!! É algo típico de nós - uma das áreas de maior importância para a mulher é a comunicação!

2) Nós AMAMOS resolver problemas!! Não é verdade? Eu, às vezes, me pego me metendo tanto na vida dos outros pra tentar ajudá-los a resolver seus problemas que chego a ficar com vergonha!! Nós gostamos de ouvir os outros, de dar conselhos, de ajudar. Deve ser algo relacionado com nossa função primordial de ser mãe e ter que proteger e cuidar dos filhos. Homens morrem de raiva porque as mulheres se metem em tudo que eles fazem, sem lhes pedir permissão! rs.. Não é que sejamos intrometidas, é que é de nossa natureza feminina (e materna) tentar ajudar!

3) Nós temos um SEXTO SENTIDO! Não temos? É incrível como as mulheres percebem as coisas antes dos homens! O fato é que mulheres são mais sensíveis, nós prestamos atenção nos detalhes, temos maior capacidade de ouvir, somos boas com letras e interpretações, especialmente com pessoas. Nós somos relacionais. Deus nos criou para ouvir e nos deu essa capacidade de entender quando algo está errado antes dos homens, principalmente em relacionamentos.

4) Nós somos CRIATIVAS! Mulheres são cheias de sensibilidade para as coisas - são criativas, vivem tendo idéias em cima de idéias! Nós sempre temos um jeito novo de conseguir o que queremos!! rs.. Homens costumam reclamar que a mulher "sempre acha um jeitinho" de conseguir o que quer. Criatividade é um traço tipicamente feminino. Por isso nosso interesse em atividades com crianças, idosos, com danças e arte em geral. Senbilidade associada a criatividade.

Tudo isso, associado a muitas outras características típicas da mulher, faz com que a mulher seja uma LÍDER EM POTENCIAL! Preste atenção: em grupos escolares ou universitários ou mesmo profissionais - quem costuma ser o chefe do grupo? Com algumas exceções, geralmente são as mulheres (principalmente neste nosso mundo moderno!). Porque elas são intrometidas mesmo, elas falam demais, vivem tendo idéias, se relacionam bem com todo mundo, adoram estar no meio de pessoas e se comunicar, enfim! Líderes em Potencial! Mulheres amam aparecer! Elas querem estar onde tiver gente - PESSOAS são o foco das mulheres! Relacionamentos, convivência, compartilhamento, comunicação...

Isso tudo não parece perfeito para que as mulheres assumam a liderança de todos os lugares onde elas estiverem? Não parece meio óbvio que, em uma sociedade como a nossa, que tem extingüido as diferenças entre os gêneros, os homens estejam ficando "no banco", ou "de escanteio", enquanto as mulheres DOMINAM TUDO? Sim! É algo natural! Mulheres gostam de resolver os problemas de todo mundo e, se deixar, elas vão assumir esse papel sempre!!! Nós somos assim! Se deixar, vão ser sempre elas que vão falar, porque elas AMAM falar!!! E então?

Então que DEUS SABIA DE TUDO ISSO!!! Deus sabia que as mulheres sempre deixariam os homens no "time reserva" se lhes fosse dada toda a liberdade nos grupos, especialmente nos locais em que elas se relacionam com seus esposos - o lar e a igreja! DEUS SABIA que os homens acabariam ficando sem função, que as mulheres já controlavam a relação com os filhos e acabariam controlando também a liderança, e os homens acabariam perdidos e se sentindo sem a menor importância dentro do grupo, como tem acontecido em nossos dias! (Num próximo post falaremos sobre as características dos homens!) E NÃO DEVE SER ASSIM!

Por isso, Deus pediu a nós, mulheres, que abramos mão daquilo que nós mais gostamos de fazer, para, através disso, honrar ao papel dos HOMENS, e deixar que eles assumam a função designada a eles! Mais uma vez, Deus nos pede para "perder as nossas vidas" por amor a Ele, e por amor a nossos esposos! Nós abrimos mão de algo que nos é natural, para que o homem possa desenvolver estas características - e se sentir valorizado através disso!

Não tem nada a ver com "mulheres serem inferiores aos homens". Não tem nada a ver com "mulheres terem menos capacidade". Não tem nada a ver com "mulheres são menos dignas". Não! Tem a ver com nos tornarmos os últimos, se quisermos ser os primeiros. Nos tornarmos servos. Morrer para nós mesmos, nossas vaidades, orgulho, ego, nossas vontades. Tem a ver com a PERFEITA SABEDORIA DE DEUS!

Portanto, que nós, mulheres, possamos receber este ensino, este mandamento dado por DEUS como uma benção em nossa vida, uma forma de deixar Deus desenvolver em nós a humildade, a modéstia de viver, a mansidão de coração e de espírito, o puro agir, de forma que toda a nossa vontade de aparecer, de ser vista, de ser comentada, de tomar as decisões, de estar à frente seja retirada de nossas vidas através do Espírito Santo! Vamos dizer NÃO aos ensinamentos de homens que contrariam a PALAVRA DE DEUS, e que a chamam de imperfeita e mentirosa! A Palavra do Senhor é TOTALMENTE SANTA! É através dela que nós conhecemos a Deus, e o que Ele espera de nós! E é isso que deve ser o desejo de nosso coração!

Às que já são casadas, que todas as vezes que você abrir mão de dar uma palavra diante de sua igreja, para que SEU MARIDO o faça em seu lugar, seu coração se regozije no fato de que Deus está desenvolvendo em seu marido o LÍDER que Ele intenciona que seu marido seja! Que seu coração se regozije em saber que Deus está tirando a vaidade de seu coração e colocando no lugar dela a humildade em servir, em AUXILIAR, ao invés de ser  "o cabeça" da situação. Que seu coração se regozije em fazer aquilo que Deus lhe designou a fazer, e honrar seu esposo tão precioso, através disso! Você não precisa da honra de outrem! Deus tem honra própria para você!

A nós, que ainda não somos casadas, que hoje mesmo, enquanto solteiras, nós possamos entregar nossas vidas a Jesus de tal forma que o Espírito Santo cumpra em nós toda a vontade de Deus! Que estejamos dispostas a abrir mão de teologias ou doutrinas que distorcem a Palavra de Deus e nos enganam, para que somente a Verdade de Deus, e Sua soberana Vontade, sejam sobre nossas vidas! Estar à frente de uma igreja não nos faz melhores! Ao contrário, se isso vai contra a Palavra de Deus, se não podemos assumir ensinamentos como estes em função de nosso orgulho e necessidade de sermos reconhecidas, de mostrarmos aos outros nossas capacidades, de forma que preferimos DESOBEDECER a Deus ao invés de mudarmos nossas convicções, então há uma grande falha em nossos corações. Precisamos pensar sobre isso. Como está o nosso coração?

Agradeço muito a Deus por Sua Infinita Sabedoria, que colocou cada coisa em seu devido lugar! Agradeço muito a Deus por Sua Infinita Graça em me ensinar um pouco dos designios de Seu coração! Agradeço muito a Deus por ser mulher e por entender a preciosidade de meu papel de mulher e de auxilidora! Agradeço muito a Deus porque, nEle, posso ser tudo que fui criada para ser!

"Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém." (Romanos 11:33-36)


82 comentários:

Adoradora de Cristo disse...

Paz Aline!

Não há questão mais polémica na Igreja do que o papel das mulheres no ministério. Possivelmente vais discordar do que vou escrever mas vou relatar a minha opinião baseada na Bíblia (sem descurar os versículos que mencionas-te) para tentar expor a minha opinião quanto ao assunto.

A Igreja tem percorrido um longo caminho em reconhecer que não há judeu nem grego, nem escravo, nem livre, mas ainda não compreendemos que também não há homem nem mulher(Gálatas 3:28). A comissão do "Ide e pregai o evangelho" foi para ambos os sexos, ou seja, não há uma
comissão só para homens e muito menos duas comissões: uma para homens e outra para mulheres.

Como alguem disse:"Penso que Deus julgará alguns homens por limitarem as mulheres e não permitirem que elas desenvolvam as suas habilidades como líderes". Se temos dúvidas em relação à aprovação de Deus em relação às mulheres no ministério, devemos medir a sua frutificação e as bençãos que tal ministério tem trazido para inúmeras vidas, sociedade e nação. Mulheres em vários ministérios tem ensinado tanto a homens como a mulheres e estão a produzir frutos duradouros e eternos para o Reino. Se Deus não as tivesse chamado e aprovado, creio que os seus ministérios já estariam mortos, pois o Senhor é o Dono da obra.

Podemos ver o caso de Débora e de Ester que foram líderes natas,ambas com altas posições governamentais que afectaram toda a nação. Débora era a autoridade principal. Vemos que ela instruiu, profetizou e até mesmo comandou Baraque (um homem) para ir à guerra (Juizes 4:5-7). Repara só que quem ficou com a honra foi Débora e não Baraque:"E disse ela: "Certamente irei contigo, porém não será tua a honra da jornada que empreenderes; pois à mão de uma mulher o SENHOR venderá a Sísera. E Débora se levantou, e partiu com Baraque para Quedes." (v.9). Algumas pessoas acusariam Débora, enquanto mulher, de estar totalmente fora do seu lugar ao comandar um homem, mas foi Deus quem chamou, capacitou e ungiu.

A passagem bíblica de 1º Timóteo sugere que Paulo não estava a dirigir-se às mulheres em geral, mas a algumas mulheres em particular que estavam a ensinar heresias ("A mulher aprenda em silêncio" e não "As mulheres aprendam em silêncio"). Quando Paula queria referir-se a todas as mulheres usava o termo "as mulheres", por ex: "...as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia" (I Timóteo 2:9). Mas ao referir-se a um grupo especifico de mulheres usava o termo:"a mulher", repara:"A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição" (I Timóteo 2:11) Vemos que o capitulo para ambos os termos é o mesmo de I Timóteo 2, mas compreende-se a distinção que Paulo fez em relação aos 2 termos mencionados.

Adoradora de Cristo disse...

Já em relação à passagem de 1 corintios:"Conservem-se as mulheres caladas nas igrejas" está na condição da sua interrupção do culto com perguntas, já que foi adicionado "não lhes é permitido falar[...]se porém querem aprender alguma coisa, interroguem, em casa, a seu próprio marido ". O apostolo Paulo está aqui a lidar com várias formas de desordem e confusão na igreja e não que ele esteja a reprimir o decoroso exercício dos dons espirituais, seja por homens ou por mulheres.

Para terminar, encontramos muitas passagens que mostram que a mulher de facto ensinaram os homens e mantiveram significantes posições como líderes na Igreja (Actos 18:26; 21:9; Romanos 16:1,3,7; 2 João 10) Deus estabeleceu a liderança do homem no lar, mas nem todo o homem é o cabeça sobre toda a mulher na Igreja.

Como Cindy Jacobs menciounou no seu livro:"Mulheres com um propósito" (Recomendo a leitura!)- "Notei, ao estudar muitas denominações, que, quando elas ainda eram simplesmente "um mover de Deus", e o Espírito Santo estava derramando o Seu poder, ninguém parecia importar se
mulheres podiam pregar. Mais tarde, quando tais igrejas se tornavam estruturadas, padronizadas e institucionalizadas num governo, as mulheres eram afastadas por voto (Pergunto-me se de alguma forma o Espírito Santo também era afastado!)"

Beijinhos amada!

Aline Ramos disse...

Ágata, meu bem, muito obrigada por comentar!! Mais ainda por sua opinião ser diferente! Sinto falta disso às vezes - de pessoas que exponham pontos de vista diferente, porque, assim, podemos buscar juntos o crescimento de acordo com o discernimento do Espirito Santo!! Fico muito feliz em vê-la expondo sua opinião a esse respeito. E, concordo com você, este é realmente um dos temas mais polêmicos da igreja moderna. Por esse motivo, pensei se devia mesmo escrever e defender um ponto de vista sobre isso, mas, entendi que esse é um assunto que as pessoas geralmente evitam, sobre o qual ninguém quer tratar e, por isso, acabamos todos ficando sem nenhum argumento para avaliar ou nos basear. Não acho que tenho todas as respostas, mas, tenho certeza que todas as respostas estão na Bíblia, por isso precisamos buscá-las lá, e esse é o objetivo do post, juntos, buscar compreender essa verdade.

Bem, um dos pontos que me causa maior preocupação ao tratar desse tema é que as mulheres tendem a ter um entendimento errado sobre esse mandamento. Geralmente elas entendem que seus ministérios são limitados por esta ordem, ou que isso quer dizer que elas não são tão capacitadas quanto os homens para assumir essa posição, ou que isso quer dizer que um ministério liderado por mulheres não vá dar fruto. E eu realmente creio que tudo isso são ciladas do inimigo e enganos dele em nossas mentes! Não creio que seja essa a interpretação dessa passagem bíblica! É claro e muito óbvio como que ministérios, inclusive congregações, lideradas por mulheres dão MUITO FRUTO!! Isso é nítido!! E foi por isso que escrevi sobre as caracteristicas das mulheres - todas aquelas caracteristicas a capacitam naturalmente para alcançar exito em seus empreendimentos, especialmente quando se trata de trabalhos ministeriais, onde se lida com pessoas! Naturalmente, nós, mulheres, se estivermos na frente de um trabalho ministerial (alias, não acredito que essa passagem se refira a QUALQUER trabalho ministerial), vamos dar, sim, MUITOS FRUTOS, e bons frutos - porque nós temos a preocupação de cuidar, de ajudar a encontrar soluções, nós sabemos como falar as coisas, explicá-las, como alcançar a emoção das pessoas, como identificar seus problemas escondidos.. enfim.. é muito óbvio que uma mulher, quando prega, sabe fazê-lo, na maioria das vezes! Geralmente pregações de mulheres são pregações agradáveis e que deixam a mensagem! Portanto, não creio que, quando Paulo deu esse mandamento, ele estava querendo dizer que a pregação ou o ministério de mulheres não dá fruto ou dá um fruto inferior ao do homem.

O que eu acredito é que havia um objetivo maior ao limitar esse papel à mulher. O fato é que em relação à maioria das coisas, Deus determinou funções especificas para homens e para mulheres. Há limites bem definidos para ambos (especialmente para a mulher). Isso acontece no casamento, na criação dos filhos, na administração do lar, no trabalho público, na vida financeira, enfim, Deus nos mostra claramente que homens e mulheres têm, sim, papeis diferentes, e complementares, em todas as coisas. Simplesmente porque eles SÃO diferentes, e tem potencialidades e necessidades diferentes. É por isso que Deus determinou que o líder seria o homem, e que a mulher seria a auxiliadora - pq eles tem caracteristicas diferentes, e esses papeis foram determinados para que cada um desenvolva ao máximo suas potencialidades, bem como honre ao máximo seu conjuge e o ajude a desenvolver o seu máximo. Não trata-se de limites em função de quem é melhor, mas limites em função de ajudar o outro a ser melhor, a se sentir melhor e mais valorizado e amado (vou falar disso no proximo post!). Portanto, creio sim que existem HOMENS e MULHERES, senão teriamos que aceitar o pensamento feminista moderno de igualdade de gêneros, de que não existem funções para os homens e funções para as mulheres, não existe um que deve liderar, cada um faz aquilo que acha melhor. Mas não é isso o que a Bíblia nos ensina.

Aline Ramos disse...

Quanto ao obedecer à Grande Comissão ser um dever de todo cristão, seja homem ou mulher, realmente isso é um dever de todos nós, mas existem várias maneiras de semear no Reino! Eu não preciso pregar publicamente para a congregação para dar frutos ao Reino e obedecer ao Ide! Esse não é o único ministério que podemos desenvolver! Acho interessante nessas passagens que Paulo fala sobre o comportamento da mulher DENTRO DA IGREJA, nos CULTOS PÚBLICOS, e não de uma forma geral. Ele não diz que as mulheres não podem ensinar nada a ninguem nunca! Se fosse assim, não poderiamos ensinar nada sequer a nossos filhos! Mas, no culto público, dentro da igreja, as mulheres deveriam deixar esse papel para os homens! Nós podemos trabalhar com aconselhamento individual ou em família, podemos ministrar em reuniões particulares com outras mulheres, podemos ministrar para crianças nas classes bíblicas. Não quer dizer que a mulher não tenha nada a ensinar e não possa fazer isso nunca. Quer dizer apens que, durante o culto, ela não deve fazer isso. Devemos assumir que ministrar em um culto é uma posição de grande destaque na igreja, é mesmo uma das mais altas posições de liderança, e essa posição de líder é uma posição que Deus determinou para o homem. É interessante ver as descrições sobre as mulheres bíblicas, que geralmente se fala sobre elas serem recatadas, discretas, humildes, modestas, simples. Geralmente as mulheres acabam tendo mesmo essa imagem de "segundo plano". Exemplo disso é Maria, mãe de Jesus, que, mesmo sendo a mãe do Messias, permanece quase oculta nos Evangelhos. Isso quer dizer que as mulheres da igreja primitiva não eram ativas na igreja? Claro que não! Vemos mesmo esses exemplos de mulheres no ministério de Profecia, nas reuniões domésticas, na intercessão, na hospitalidade e cuidado com os outros, enfim... Mas esse papel de líder, de estar à frente da congregação, é nitidamente referido ao homem. E nós não precisamos nos sentir ofendidas por isso!

Existe um traço bem caracteristico do homem, sobre o qual quero falar o proximo post, que é a forma como ele se sente valorizado e amado. Nós, mulheres, nos sentimos valorizadas, principalmente, através de demonstrações afetivas - carinho, palavras doces, elogios sobre nossa pessoa - é algo bastante relacionado com nossas emoções. Já os homens se sentem valorizados e amados quando demonstra-se que o que eles estão desempenhando bem seus papéis práticos - prover financeiramente o lar, dar segurança à casa, resolver problemas práticos - é algo muito mais relacionado com suas atitudes práticas, se elas estão sendo bem desempenhadas. Nós, mulheres, não nos preocupamos muito de estar ouvindo que estamos fazendo todas as coisas certas todo tempo, nós queremos apenas ser amadas, saber que estamos lindas e que fazemos nosso cônjuge feliz. (mas falamos disso posteriormente).

Então, a partir desse ponto, podemos observar porque é importante para o homem esse papel de líder. Ser o líder, e ouvir ou saber de sua esposa que você está desempenhando bem seu papel, que ela confia em você para liderar o grupo e que você não precisa deixar esse papel para ela, faz o homem se sentir valorizado e estimado. É isso o que ele quer fazer - exercer bem seu papel. QUando a mulher tenta assumir a liderança, o homem entende que não está exercendo bem seu papel e se sente desonrado e menos amado e estimado.

Bom, mas vou tentar terminar o comentário por aqui senão vai ser mais um post!! hehehee.. Mas espero que você e ainda outros (inclusive rapazes!) continuem comentando, argumentando, discordando, explicando, para que, juntos, possamos alcançar o discernimento do Espirito Santo!!

Beijos, mana!! Amo você em Cristo, nosso Senhor e Messias! Shalom!

Aline Ramos disse...

hahaha.. será que eu escrevo??? xD

Pelo jeito, nós, mulheres, não gostamos apenas de FALAR muito, mas de ESCREVER muito também!!

Os que se dispuserem a ler tudo isso são verdadeiros heróis!! heheh.. O galardão de vocês será bem grande!!! :D

;)

Leandro disse...

Eu assino embaixo, Aline!

Mulheres tomando a liderança à frente dos homens, é uma disfunção e violação da santidade que o próprio Deus estabeleceu sobre o homem: de liderar. Não é algo que o homem ou a mulher escolheu, o próprio Deus quis que as coisas caminhassem assim. O marido é o cabeça da casa e a mulher a sua ajudadora. Santidade tem a ver com DEDICAÇÃO, SEPARAÇÃO para um propósito específico, não significa que o homem é melhor do que a mulher, significa que somos somente santos a determinadas responsabilidades.

Quando a mulher e o feminismo viola essa santidade, gera consequências catastróficas. Creio que existe um medo muito grande operando no coração das mulheres nessa geração, medo de "se eu for submissa a alguma coisa, eu vou sofrer", pois é isso que o mundo tem pregado desde quando eu nasci: "mulheres, lutem pelos seus direitos!", como se não existisse Deus que é capaz de suprir todas as necessidades da mulher como AJUDADORA do homem, não como a LÍDER dele.

Eu também pondero muito sobre essa questão nas igrejas. Os cristãos sempre vão usar a palavra para justificar, porém sempre mal interpretada.

Ágata, eu tenho uma ponderação. Se o que você diz é verdade, então temos 2 opções, ou as mulheres que exercem liderança estão corretas ou a bíblia está errada em Coríntios 14: 33b - 38 e I Timóteo 2: 11-12. O apóstolo Paulo foi muito claro no ensino dele sobre o papel da mulher. O que eu posso concluir é que, ou o costume atual de mulheres exercendo função de líder sobre os homens estar certo, ou a bíblia está errada. E, caso a bíblia esteja certa (o que eu realmente creio de todo o coração), qual é o problema em crer que Deus realmente planejou a mulher para não liderar, mas para ajudar o homem? Daonde vem essa crença, ela emana daonde? Ela emana das circunstâncias, da cultura, da maneira de pensar e perceber a vida pessoalmente, ou emana do Espírito renovado, do encontro com a Verdade bíblia e do entendimento pleno do poder e da graça de Deus na vida do homem e da mulher distintamente?

Leandro disse...

Acredito que toda essa polêmica na igreja sobre este assunto vem da falta de entendimento da verdadeira SANTIDADE, que não tem nada a ver com o comportamento ou com padrões morais de cada pessoa.

Eu já escrevi um artigo sobre A verdadeira Santidade no site Feelin' Feminine, porém está em inglês. Quem quiser ler é só acessar http://feelinfeminine.com/?p=3525

Breve quero publicar a minha versão em português e mais completa sobre o tema, que acho que irá esclarecer por completo essa questão que as mulheres devem ou não exercer liderança na igreja (sobre outros homens) ao inves de ser o contrário.

Adoradora de Cristo disse...

Graça e paz!

Aline e Leandro, a questão que se coloca é: As mulheres não devem ensinar, ou não devem ensinar heresias?

Em primeiro lugar, não quero de todo causar discussões tolas que não edificarão em nada a Igreja de Cristo. O objectivo é buscar o Reino de Deus e não o nosso reino. Por esta razão quero deixar claro, como referi anteriormente numa das minhas respostas, que a mulher foi
chamada para ser auxiliadora e submissa ao marido, tal como a Bíblia nos ensina. Em relação a isso estou completamente de acordo com vocês, e como tal não há necessidade de discutirmos este assunto. Concordo a 100% :)

Como estava a dizer, o que deve ser debatido é se as mulheres não devem ensinar ou não devem ensinar heresias. Sou apologista de que o conteúdo das passagens devem ser examinadas pelo contexto cultural.
Então peguemos na passagem mencionada de 1º Timóteo.

Bem, a cidade de Éfeso, a quarta maior cidade do Império Romano, situava-se na costa ocidental da moderna Turquia, na antiga Ásia Menor. Não era um lugar fácil para se levar a mensagem cristã. Nos tempos pré-helenistas, um famoso santuário foi construído para a grande deusa mãe. Ou seja, quando a carta de 1º Timóteo foi escrita, Éfeso estava sob o paganismo idólatra baseado numa sociedade matriarcal e de adoração a deusas.

Essas práticas pagãs conduziram às "amaranhadas" passagens que referis-te no post. E com todo o crédito, visto que as mulheres estavam em plenos cultos cristãos a ensinar sobre a "deusa mãe" e outras falsas divindades da época. A palavra "silêncio" (grego: hesuchia)em 1 Timóteo significa "quietude" ou "calma" ou mesmo "concordância". Isso expressa a atitude de um aprendiz. Ou seja, Paulo estava a dizer para aquelas mulheres aprenderem as verdades do
verdadeiro Deus em vez de ensinarem heresias.

No Novo Testamento as funções dos homens e mulheres eram delegadas de acordo com a unção e os dons espirituais que possuíam, e não simplesmente por uma questão de ser masculino ou feminino. Contudo, a autoridade doméstica do lar é delegada à liderança do marido.

Adoradora de Cristo disse...

Não é uma questão de orgulho por parte da mulher, falta de submissão, falta de submissão ou falta de modéstia. E muito menos por vontade própria em ensinar/pregar. Antes pelo contrário: é uma questão de obediência, humildade, amor e zelo para com Deus, a Sua obra e as almas. O verdadeiro servo/homem de Deus, não tem que sentir-se desvalorizado, inferiorizado, complexado ou diminuído por ver uma mulher a pregar o evangelho da salvação, arrependimento ou outro assunto. Será que esse orgulho não está antes nos corações desses homens por ambicionarem a tarefa de pregar o evangelho que foi dada para ambos os sexos realizarem? A mulher foi criada para auxiliar o homem e cooperar na Igreja.

Talvez se não existissem púlpitos nas igrejas, não haveriam problemas, visto que a própria Priscila ensinou/instruiu Apolo - um líder cristão (Actos 18:26). Milhares de homens em todo o mundo têm sido ensinados que Jesus ressuscitou pelo testemunho de Maria Madalena (Lucas 24:10).

Compartilho 2 testemunhos de 2 homens em relção ao avivamento que occorreu na Rua Azusa:

"Nós não tínhamos papa ou hierarquia [...]. Não havia uma programação humana; o Senhor mesmo
estava na liderança. Não tínhamos uma classe sacerdotál [...]. essas coisas vieram mais tarde, com a apostasia do movimento. Não honrávamos os homens pelas suas vantagens em recursos ou educação, mas pelos "dons" dados por Deus. O Senhor era responsável em usar quem
quisesse. Alguns finalmente eram ungidos para entregar a mensagem. Todos pareciam reconhecer isso e abriam caminho. Podia ser uma criança, uma mulher ou um homem. Isso não fazia diferença." Por: Bartleman


"O facto marcante do derramamento desses "últimos dias" é o apostolado de mulheres. Homens
têm hipocritamente argumentado que as mulheres têm forçado a sua notoriedade no púlpito, mas, graças a Deus, essa notoriedade vem do próprio Deus. Elas não pressionam o seu caminho para a frente. Deus as colocou ali. Elas não levam o seu ministério por si mesmas, Deus o
entregou a elas". Por:Evangel, a revista do avivamento da Rua Azusa, publicado em 1906.


Compreendo a vossa posição em relação ao tema exposto, mas uma mulher que prega não é necessariamente uma mulher insubmissa. Submissão significa estar sob a mesma missão. E qual
é a missão de todos os cristãos? Pregar o evangelho. Então a missão do homem e da mulher, do marido e da mulher deverá ser essa e não a de causar divisões no Corpo de Cristo por causa da pregação de algo que foi o próprio Jesus que nos ensinou. Afinal, qual é a diferença de ensinar sem um púlpito ou com um púlpito?

Mas eu sei que o Espirito Santo têm movido milhares de homens e mulheres para esta realidade, e quando todo o Corpo de Cristo unir-se verdadeiramente com o único propósito de edificar, exortar e consolidar almas, o avivamento chegará às nossas cidades, nações e planeta! Mas primeiro nós próprios temos que ser avivados. O avivamento começa em nós e espalha-se para cada membro do Corpo, onde há união, complementariedade e não competição.

P.S: Para terminar, não quero que pensem que estou zangada com alguem :) antes pelo contrario, pois o amor de Deus foi derramado no meu coração pelo Espírito Santo! Mas é bom debatermos estes temas para crescermos juntos. Já agora, passo a contar um testemunho pessoal: Deus no ano 2005 deu uma visão de eu num púlpito de uma igreja e no ano 2006 deu a visão de eu a lançar milho (a Palavra) de um púlpito. E acreditem que eu não pedi a Deus essa tarefa. Qualquer coisa perguntem a Deus porque estcolheu-me (sendo mulher) para fazer essa obra :) Pergunte-me se me sinto orgulhosa com isso. Resposta: Nem um pouco! Que toda a honra e glória seja dada ao Deus Eterno e Fiel.

Beijinhos irmãos em Cristo! ;)
Ágata.

Leandro disse...

Certo, já vi a sua opinião.

Infelizmente eu discordo completamente, porém não vou continuar essa discussão, já fiz todas minhas ponderações.

Em Cristo,
L

Aline Ramos disse...

Puxa, pessoal!! Fico feliz em saber que temos um debate aqui!! Glórias a Deus por isso!! A Igreja Cristã moderna precisa mais disso, pois, somente assim, com discussões honestas a respeito do que a Palavra nos ensina, poderemos crescer em discernimento e sabedoria - se estivermos todos com o mesmo propósito. Meu propósito não é falar sobre o que EU ACREDITO, mas sobre o que podemos ver na Palavra.

Ágata, muito obrigada por sua participação, e por não deixar de expressar sua opinião e dar seus argumentos para pensarmos e discutirmos. Talvez, muitas pessoas acabem preferindo "deixar pra lá esse assunto, porque esse pessoal é cabeça dura e não vai se permitir mudar de idéia mesmo"! Que pena que esse tipo de pensamento exista! Mas que bom que não é o seu caso! Então, vamos continuar a discussão, rumo ao entendimento da Palavra de Deus. Vamos lá.

1) "As mulheres não devem ensinar, ou não devem ensinar heresias?"
- Bem, aí precisamos voltar para as palavras de Paulo. Ele diz:
=> "Como em TODAS as igrejas dos santos (o que quer dizer que não é só em Éfeso ou Corinto), conservem-se as mulheres CALADAS nas igrejas, porque NÃO LHES É PERMITIDO (a palavra não é "indicado" ou "estimulado", como Paulo utiliza ao se referir à opinião dele mesmo contra o casamento, indicando/estimulando que os solteiros/viúvos permaneçam sem se casar - essa era uma opinião pessoal dele) [...] porque para a mulher é VERGONHOSO falar na igreja". <=
- Acho que se Paulo realmente quisesse falar que as mulheres poderiam pregar desde que não pregassem heresias, se esse fosse o propósito deste mandamento, ele teria falado exatamente ISSO. Mas, ao invés disso, ele generalizou, suas palavras são bem determinadas quanto a mulher NÃO FALAR, ele diz que além de não ser PERMITIDO, isso ainda é vergonhoso.

2) Quanto à obediência à Obra do Reino de Deus: como já mencionei, não acho que uma mulher deixar de pregar seja desobediência ao Ide do Senhor, justamente porque existem inúmeros outros ministérios que podemos desenvolver, e cada um deles é precioso e necessário para o Reino. A oração, a hospitalidade, a contribuição, a exortação pessoal, a própria vida missionária, o cuidado com o outro também são ministérios extremamente necessários para o Reino.

3) As Mulheres de Deus descritas na Bíblia: vamos falar das mulheres descritas no Novo testamento, né, que é o contexto histórico-cultural no qual Paulo disse essas palavras. Nessa passagem que vc citou sobre Apolo, diz: "E chegou em Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloquente e poderoso nas Escrituras. Este era instruído no caminho do Senhor e, fervoroso de espírito, falava e ensinava diligentemente as coisas do Senhor, conhecendo somente o batismo de João. Ele começou a falar ousadamente na sinagoga; e, quando o ouviram PRISCILA E AQÜILA (*OBS: QUE ERAM CASADOS), o levaram consigo e lhe declararam mais precisamente o caminho de Deus." (Atos 18:24-26)
Então, o que vemos aqui, quando se fala do ensino de Priscila a Apolo:
a) Não trata-se de um ensino público, em um culto, numa pregação na igreja ou sinagoga. Este é um ensino particular, pessoal.
b) Priscila não estava SOZINHA, ela estava COM SEU ESPOSO!
Portanto, não acho que esse exemplo se encaixe no limite que Paulo estabeleceu de as mulheres não pregarem NA IGREJA, em CULTOS PÚBLICOS.

Aline Ramos disse...

4) Maria Madalena e outros: em nenhum momento Paulo estava dizendo que homens NUNCA PODERIAM APRENDER NADA DE MULHERES! Isso é um absurdo! Quantas mulheres, atualmente, tem escritos grandes livros, tem ensinado tantas coisas a seus filhos (mesmo adultos), quantas esposas tem ajudado seus maridos a compreenderem as verdades de Deus! Não é porque o homem é o LÍDER (seja no lar ou na igreja) que ele NUNCA VÁ, ou NÃO POSSA, aprender nada com mulheres! Você tem razão ao dizer que todos nós somos chamados para servir a Deus e pregar sua Verdade - ainda que cada um do seu jeito. É claro que homens podem crescer em fé e aprender com o exemplo ou as palavras de mulheres. É muito comum você ver grandes homens de Deus, pregadores, escritores, agradecendo a suas esposas por tudo que elas os têm ensinado, por seus testemunhos, sabedoria e tudo mais. Como eu já falei, as mulheres costumam enxergar e compreender muitas coisas antes dos homens, portanto, é claro que elas têm muitas coisas a passar a eles. Não podemos nos esquecer que, ainda que haja um "líder" e uma "auxiliar" (em "sub"missão, o sub refere-se a algo abaixo, é um prefixo relacionado com algo que não está na mesma linha, mas um pouco abaixo - o que não quer dizer inferior PARA DEUS ou EM DEUS, mas PARA DEUS E EM DEUS é COMPLEMENTAR!), o trabalho é feito em equipe, e nenhuma equipe vai muito longe se um não ajudar o outro!

5) Subjetividade das experiências humanas: você deu alguns exemplos de mulheres que foram usadas num determinado avivamento. Novamente, queria ressaltar que, de nenhuma forma, quero (ou acredito que Paulo o esteja fazendo) dizer que mulheres não podem ser usadas por Deus! Não! Creio que esses versículos querem dizer apenas que isso não deve acontecer no púlpito, falando para a igreja, na frente da congregação. QUanto às palavras dos homens que você expôs, bem, acho que precisamos ter cuidado com isso. Existem muitos pastores, líderes reconhecidos por multidões, que defendem a utilização de "materiais sagrados e milagrosos" em cultos ditos "cristãos", como "Rosas do Amor", "Água da Purificação" e mais muitas outras coisas bizarras que mais parecem com as antigas indulgências católicas ou de religiões pagãs. Bem como existem muitos pastores e grandes líderes pregando sobre "prosperidade" como objetivo de vida do crente, ou dizendo que "adoração" é vc passar horas chorando, pulando e gritando dentro da igreja. Porém, isso não quer dizer que o que eles estão falando é verdade ou é algo intencionado por Deus! Só saberemos se algo é ou não intenção de Deus, de acordo com a Palavra. Bem, os homens que você citou defendem e aprovam a mulher liderando a igreja (ou pregando para a igreja), mas Paulo o desaprova. E agora? Bem, isso parece meio óbvio, não é? Da mesma forma, quanto a nossas próprias experiências subjetivas "com Deus".

Aline Ramos disse...

Você acreditaria se eu lhe dissesse que uma prima minha, cristã, me disse que tinha se separado do marido e que não voltaria pra casa dele, e que ela seria o "canal de Deus" para apresentar ao marido dela a "nova mulher com quem ele se casaria", porque ela "teve um sonho onde Deus mostrava isso a ela"? Ela disse que era tão claro que ela até podia ver as caracteristicas da moça e que, ao falar isso pro esposo dela, ele disse que sabia quem a moça era e que isso fazia sentido? E os líderes dela ainda a apoiaram dizendo que Deus tbm tinha dito a eles que ela não deveria mesmo voltar pra casa do seu esposo, que aquilo "não era de Deus"! :O Eu fiquei totalmente chocada ao ouvir isso! Será que isso realmente vinha de Deus? É CLARO QUE NÃO! Deus nunca intencionou que um casal se separasse, a Bíblia é clara em relação a isso! Divórcio só é permitido em caso de adultério, e esse não era o caso dela! Então, precisamos compreender que nem todo sonho que parece ser de Deus, nem todas as vezes que uma pessoa que se diz "de Deus" nos fala alguma coisa, que nem toda "profecia" para nossas vidas REALMENTE É DE DEUS! Nós só saberemos se é de 2 forma: 1) Se for de acordo com a PALAVRA, e 2) Se vier a se cumprir (o que é um pouco mais difícil, né?)... Portanto, precisamos ficar vigilantes.

Bom, vou parando por aqui. Mas espero que qualquer dúvida ou discordância que você, Ágata, ou qualquer outra pessoa, ainda tiver a esse respeito, não deixe de falar. Não estamos aqui pra disputar ego ou convencer qualquer pessoa através de imposição, até porque ninguém é melhor do que ninguém aqui. É o Espírito Santo o único que pode abrir nossos olhos e nos dar o correto entendimento! Portanto, que toda a Glória seja dada a DEUS!

SOLA SCRIPTURA. - Somente as Escrituras.

Que a Graça do Pai continua guiando-nos! Shalom! ;)

Adoradora de Cristo disse...

Shalom!

Venho agradecer em primeiro lugar, por nos acolheres tão bem neste blog e podermos expressar as nossas opiniões livremente, sem sermos acusados ou censurados por isso.

[Peço-te que abras a tua Bíblia em 1º Coríntios 14 e segue comigo, por favor] ;)

Espero não falar muito desta vez mas aqui vai: nos comentários anteriores falei sobre a interpretação de 1º Timóteo 2:11-12 e creio definitivamente no que referi, ainda que a maioria discorde. Só quero abrir um parêntesis para dizer que concordo sobre a importância de avaliar as profecias/visões/sonhos com base Bíblica. E como referis-te, para sabermos se a profecia é correcta, ela deve cumprir-se afim de sabermos se de facto, vem de Deus. Caso contrário é porque é uma falsa profecia. Em relação as visões que te falei, a verdade é que já se cumpriram e continuam a cumprir-se na minha vida (por isso posso dizer que vem de Deus, Ele me ter chamado para pregar e ensinar, seja a homens ou a mulheres).

Bem, mas o que me trás aqui hoje é para fazer um pequeno panorama do capitulo 14 de 1º Coríntios, segundo os versículos que mencionas-te na postagem sobre a mulher ter que conservar-se calada nas igrejas. Eu creio quando dizem que um versículo sem colocado no contexto, é pretexto para a criação de uma heresia. Por isso, após ter lido o capitulo completo, pude observar (como qualquer pessoa) que Paulo está a falar-nos sobre o dom de profecia e o dom de línguas, os dons que devem ser usados em face dos visitantes na igreja e à necessidade de ordem no culto. Certo?

Então a passagem "conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina (...)" está dentro do contexto do uso do dom de profecia e do dom de línguas. Essa passagem não apareceu por acaso no final do capitulo 14 de Coríntios. Houve uma razão para tal acontecer. Provavelmente, tendo por base o contexto dos dons, Paulo estava a discutir o dom de profecia e a avaliação ou o julgamento da profecia (lê 1Cor 14:29-39). Ou seja, Paulo não proibiu que a mulher profetizasse (v.31) mas tudo tinha que ser com ordem e decência (v.27-30 e 40). "Deus não é um Deus de confusão" (v.33) Paulo estava sim a proibir as mulheres de criticarem as profecias feitas. O silêncio das mulheres durante a avaliação das profecias era um meio pelo qual essa avaliação aconteceria. As mulheres poderiam estar a apresentar alguma desordem de conduta (v.35). Por outro lado, Paulo também pode ter querido dizer que as mulheres deveriam refrear a sua língua em relação ao falar exageradamente em línguas durante um culto com visitas (v.5)

Mas claramente isso não pode significar que as mulheres não possam falar na assembleia - "Toda a mulher, porém, que ora ou profetiza..." (1 Coríntios 11:5) Esta porção da palavra mostra-nos que a mulher não é condenada a orar e a profetizar (participar no culto).

Com tudo isto, quero dizer que a passagem de 1 Corintios 14, não condena a mulher a ficar calada nos cultos da igreja, mas sim a silenciar-se no momento da avaliação da profecia e/ou no excesso de uso do dom de línguas num culto publico. Agora, concordo que a mulher deve fazer tudo com ordem e decência, como nos ensina o contexto da passagem.

Aline Ramos disse...

Oi, Ágata, meu bem!! Muito obrigada por sua participação e por expor sua opinião também!!

Creio que essa não será a única oportunidade para discutirmos questões como essa. Espero, em Deus, que tenhamos muitas outras discussões como essas, e que nossas vidas, mentes, corações sejam sempre guiadas pelo Espírito Santo de Deus!

Espero, em breve, estar escrevendo um novo post aqui sobre "Por que as mulheres devem ser submissas e os homens devem amar"! =P Esse é um assunto sobre o qual quero escrever já há algum tempo, mas ainda não consegui. Mas creio que no momento certo sairá! ;)

Que Adonai te abençoe, e que a Sua Graça esteja a guiar-te e fortalecer-te a cada novo dia, mana! E que nosso Abba Pai complete em nós Sua Obra em fazer-nos Mulheres Virtuosas segundo o Seu Coração!

Beijos e Shalom Adonai! ;)

Anônimo disse...

I Coríntios 14:33 porque Deus não é Deus de confusão, mas sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos, I Coríntios 14:34 as mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam submissas como também ordena a lei.
A paz de Cristo, li o que você disse a respeito das mulheres, quando você for ler a Bíblia você tem que ter cuidado com algumas coisas, esse versículo se refere à Cidade de Coríntios onde havia muitos problemas sociais e as mulheres eram rebeldes, terríveis. Quando o Senhor Jesus renovou a aliança Ele disse que o único mandamento que nos deixava
era Marcos 12:30 Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. Marcos 12:31 E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses. E em Hebreus 8:10 Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo. Isso é viver pela Graça como Paulo mesmo afirma em Gálatas 5:00 Viver pela Lei ou em Cristo, isso é a essência o que Cristo quer di ti que são os frutos do Espírito Gálatas 5:22/23,quando você for ler a Bíblia a parte das cartas de Paulo você tem que entender que Paulo não só escreveu carta para Corintios mas também para os Romanos; Carta aos Gálatas; Carta aos Efésios; Carta aos Filipenses; Carta aos Colossenses, e em cada um desses lugares tinha alguns problemas a ser resolvido e foi isso que Paulo fez inspirado pelo Espírito Santo resolveu o problema de cada localidade, se realmente as mulheres tivessem que ficar caladas em todos os lugares Paulo teria escrito isso em todas as cartas e não, ele só escreveu em Corintios, assim também como o uso do véu, se fosse pensar dessa forma deveríamos usar o véu também dentro das igrejas, em todas e em nenhuma deveira ter exceção, e justamente Paulo escreveu sobre o uso do véu em outras cartas ele escreveu sobre a mulher ficar calada em todas as cartas? Não, só em Coríntios! E se hoje Paulo ainda estivesse vivo e se houvesse alguma igreja cujas mulheres usassem roupas indecentes, ele iria escrever uma carta inspirado pelo Espírito Santo e diria que as mulheres de quê estão em Cristo não poderiam usar roupas indecentes! É a mesma coisa do véu e a mesma coisa de falar e não falar, a lei naquela época era muito rígida para as mulheres e na Bíblia está escrita que devemos nos submeter às autoridades, Romanos 13:1-7 1 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus;. E não é que às mulheres não podiam fazer nada, elas poderiam profetizar com tanto que estivesse usando o véu 1Coríntios 11:5 Mas toda mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta desonra a sua cabeça, porque é a mesma coisa como se estivesse rapada. Se realmente era para nos ficarmos caladas em todas as igrejas até o dia de hoje o Espírito Santo não teria nos dado o Dom para cantar, o dom para falar, o dom para curar e entre outros dons, então as mulheres que tem o dom de canto o que faríamos com o seu dom o seu talento? Então vivemos pela Graça por aquilo que o Espírito Santo nos diz para fazer, não confunda costume com obrigação, lá isso era uma obrigação pelo fato da lei dizer, hoje a lei não nos diz que temos que ser assim muito pelo contrário temos muita liberdade. Tudo que Paulo escreveu foi sim inspirado pelo Espírito Santo, ele não era machista e não tinha suas pórpias idéias como muitos dizem, mas sim resolvia o problema, mas cuidado há coisas que ele escreveu para um local se fosse para todas então ele teria escrito em todas as cartas as mesmas coisas. Joel 2:28 diz: E há de ser que depois, derramarei o meu Espírito sobre toda carne. Significa que todos podem ter algum dom. Que paz do Senhor Jeus esteja contigo.

Anônimo disse...

I Coríntios 14:33 porque Deus não é Deus de confusão, mas sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos, I Coríntios 14:34 as mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam submissas como também ordena a lei.
A paz de Cristo, li o que você disse a respeito das mulheres, quando você for ler a Bíblia você tem que ter cuidado com algumas coisas, esse versículo se refere à Cidade de Coríntios onde havia muitos problemas sociais e as mulheres eram rebeldes, terríveis. Quando o Senhor Jesus renovou a aliança Ele disse que o único mandamento que nos deixava
era Marcos 12:30 Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. Marcos 12:31 E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses. E em Hebreus 8:10 Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo. Isso é viver pela Graça como Paulo mesmo afirma em Gálatas 5:00 Viver pela Lei ou em Cristo, isso é a essência o que Cristo quer di ti que são os frutos do Espírito Gálatas 5:22/23,quando você for ler a Bíblia a parte das cartas de Paulo você tem que entender que Paulo não só escreveu carta para Corintios mas também para os Romanos; Carta aos Gálatas; Carta aos Efésios; Carta aos Filipenses; Carta aos Colossenses, e em cada um desses lugares tinha alguns problemas a ser resolvido e foi isso que Paulo fez inspirado pelo Espírito Santo resolveu o problema de cada localidade, se realmente as mulheres tivessem que ficar caladas em todos os lugares Paulo teria escrito isso em todas as cartas e não, ele só escreveu em Corintios, assim também como o uso do véu, se fosse pensar dessa forma deveríamos usar o véu também dentro das igrejas, em todas e em nenhuma deveira ter exceção, e justamente Paulo escreveu sobre o uso do véu em outras cartas ele escreveu sobre a mulher ficar calada em todas as cartas? Não, só em Coríntios! E se hoje Paulo ainda estivesse vivo e se houvesse alguma igreja cujas mulheres usassem roupas indecentes, ele iria escrever uma carta inspirado pelo Espírito Santo e diria que as mulheres de quê estão em Cristo não poderiam usar roupas indecentes! É a mesma coisa do véu e a mesma coisa de falar e não falar, a lei naquela época era muito rígida para as mulheres e na Bíblia está escrita que devemos nos submeter às autoridades, Romanos 13:1-7 1 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus;. E não é que às mulheres não podiam fazer nada, elas poderiam profetizar com tanto que estivesse usando o véu 1Coríntios 11:5 Mas toda mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta desonra a sua cabeça, porque é a mesma coisa como se estivesse rapada. Se realmente era para nos ficarmos caladas em todas as igrejas até o dia de hoje o Espírito Santo não teria nos dado o Dom para cantar, o dom para falar, o dom para curar e entre outros dons, então as mulheres que tem o dom de canto o que faríamos com o seu dom o seu talento? Então vivemos pela Graça por aquilo que o Espírito Santo nos diz para fazer, não confunda costume com obrigação, lá isso era uma obrigação pelo fato da lei dizer, hoje a lei não nos diz que temos que ser assim muito pelo contrário temos muita liberdade. Tudo que Paulo escreveu foi sim inspirado pelo Espírito Santo, ele não era machista e não tinha suas pórpias idéias como muitos dizem, mas sim resolvia o problema, mas cuidado há coisas que ele escreveu para um local se fosse para todas então ele teria escrito em todas as cartas as mesmas coisas. Joel 2:28 diz: E há de ser que depois, derramarei o meu Espírito sobre toda carne. Significa que todos podem ter algum dom. Que paz do Senhor Jeus esteja contigo.

Anônimo disse...

"Que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, pérolas, ou vestuário despendioso..." (I Timóteo 2:9)
Eu vi esse versículo e achei melhor comentar!

Queriam Paulo e Pedro dizer que as cristãs têm de evitar trançar os cabelos, usar pérolas e jóias de ouro, ou, por extensão, evitar usar cosméticos? Não. Afirmar que eles queriam dizer isto significaria que as cristãs também deviam evitar ?usar roupas exteriores?. No entanto, Dorcas, a quem Pedro ressuscitou, era amada porque fazia “roupas exteriores” para outras irmãs. (Atos 9:39)

Assim, 1 Timóteo 2:9 e 1 Pedro 3:3, 4 não querem dizer que as irmãs devem evitar trançados, pérolas, roupas exteriores e assim por diante. Antes, Paulo frisava a necessidade de modéstia e bom juízo na maneira de as mulheres se arrumarem. Pedro mostrou que as mulheres devem dar mais atenção a seu espírito íntimo a fim de ganharem o marido incrédulo, não dando ênfase à aparência ou à maquilagem.
http://cobertodegraca.wordpress.com/2002/05/08/e-apropriado-que-a-mulher-crista-use-joias-ou-maqu/

Em termos simples, a Bíblia não proíbe todos os esforços de melhorar ou embelezar a aparência. Alguns dos servos de Deus, tanto homens como mulheres, usavam jóias. (Gênesis 41:42; Êxodo 32:2, 3: Daniel 5:29) A fiel Ester consentiu submeter-se a um extensivo tratamento de beleza com óleos cosméticos, perfumes e massagens. (Ester 2:7, 12, 15; compare isto com Daniel 1:3-8.) Deus disse que figurativamente ataviava a nação de Israel com pulseiras, colar, argola para a narina e arrecadas para as orelhas. Isto contribuía para ela ficar “muitíssimo bonita”. ? Ezequiel 16:11-13.

E também em Gênesis diz que quando o servo de Abraão encontrou Rebeca lhe deu 24:22"...Tomou o homem um pendente de ouro de meio siclos de peso e duas pulseiras para as mãos dela, do peso de dez siclos de ouro; E Rebeca foi uma mulher virtuosa e respeitada que continuou a descendência de Abraão.

Paulo e Pedro só disseram para ter um bom senso, que sejamos ajuízados.

Anônimo disse...

Desculapa, perdão, o Texto de Paulo da a entender que a mulher não deve usar, mais ao mesmo tempo no final diz dispendioso, que dar a entender algo custoso, mas que seja com modéstia a questão é que eu também achei a passagem que as mulheres devem ficar caladas não só em Corintios, mas também em Timótio 2:11 e 12, mas eu não vou falar mais da eu não sou uma pessoa que conhece muito da Bíblia começei a estudar alguns anos, mas é agora que tenho me interessado mais, só uma récem nascida, mas vou te endicar para uma pessoa que conhece a Bíblia a anos e é um Pastor exemplar, e ele está falando justamente sobre isso, costume, obrigação, lei, etc. Creio que ira tirar suas dúvidas entra em youtube na pregação do "Pr. Silas Malafaia - Legalismo e Liberdade Cristã" vai de 1 até 7 as partes se eu não me engano, ou entra diretamente pelo site http://www.youtube.com/watch?v=LYE91tbF1m0&feature=related, você vai adorar, que a paz de Cristo esteja contigo, espero te ajudar... Até algum dia...

João disse...

não sei porque tanta polêmica em um principio tão claro. reparem!todos aqueles q foram escolhidos diretamente por deus, foram homens.12 apostolos.foram escolhidos por jesus,70 varóes q foram enviados de dois em dois,nenhuma mulher foi incluida.
foi escolhido 7 diáconos e não teve nenhuma mulher.nunca é mencionado na bíblia pastora,bispa,diaconisa nem coisa nenhuma dese tipo.vemos alguns casos isolados no antigo testamento,más se formos pensar bem,eces casos isolado podem na verdade é apoiar mais ainda o fato de q as mulheres não devem ministrar na igreja.pois aqueles q diz o contrario, sempre usam o argumento disento q é questão de costume e não doutrina o motivo q paulo proibiu as mulheres de falar nas igrejas. bem,se foce mesmo questões de costume,não averia problema pra paulo se preocupar não,pois deus mesmo já avia escolhido mulheres na antiga aliança, mesmo a nação não tendo esse costume de mulher na liderança.bem,se deus escolheu algumas mulheres na antiga aliança não importando com o costume da nação,porque ele não fes o mesmo na nova aliança escolhendo mulheres como pastoras,apóstolas ets...? a resposta é cimples,á em deus uma vontade absoluta e outra permiciva.eces casos isolados são a permiciva,as escolhas direta(as quais eu mencionei acima)são a vontade absoluta.pode em alguns casos deus ter q usar uma mulher em alguma reunião da igreja,más lembre-se,toda lei tem sua exeção.

DESCULPA-ME PELOS ERROS PORTUGUÊS!

joao disse...

á, esqueci!quero parabenisar a vc aline ramos, pelo entendimento e dedicação pelas verdades de Deus.parabens,continue sempre assim tá!

Anônimo disse...

João sei que não fez por maldade, mas quando você falar de Deus, use a letra de "D", maiúscula porque o Deus com letra minúscula dar a entender outra coisa, porque o próprio Deus se referiu as outras coisas que os povos adoravam com letra "d" minúscula, então quando você faz isso dar a entender que Deus não é superior sendo que Ele é, “Não terás outros "deuses” diante de mim” (Êxodo 20:3), mas enfim sei que não foi por maldade, mas vigia!
Lembre sempre disso, quando falar Dele use sempre letra maiúscula, seja Deus, seja Ele, seja Dele. Assim como também os nomes de substantivo próprio como "Paulo", "Aline", etc.
Vamos ao fato, a questão é que realmente não tem como você comparar o antigo com o novo, e não estou falando a respeito de a mulher falar ou não na igreja, porque sinceramente eu não sei se pode ou não! Mas sei que existem outros fatores que você diz que as igrejas costumam colocar como lei e isso de fato é legalismo, 8:13 E o que se torna antiquado e envelhece, perto está de desaparecer. Por exemplo na lei Mosaica está escrito em Deuteronômio 22:5, Deus disse: "A mulher não usará roupa de homem, nem o homem, veste peculiar à mulher; porque qualquer que faz tais cousas é abominável, antigamente tanto o homem como a mulher usava vestido e o que era diferente era a cor e o tipo de tecido segundo o meu colega, então não tem nada haver falar que a mulher tem que usar saia e o homem calça, porque a calça no Brasil tanto os homens quanto as mulheres usam e não é algo absurdo, não escadaliza, assim como na Escócia os homens usam a "kilt" que a saiota, e isso é um costume e não é escadalizante, e lá a religião é Presbiteriana não todos mas o que podemos chamar de nacional (http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_da_Esc%C3%B3cia)Então estou provando que de fato existe costumes e legalismo, na Arábia até os dias de hoje em alguns lugares existem restrições em as mulheres falarem e não falarem em público!Então se você disser que esse versículo serve até para os dias de hoje você estará sendo legalista e em Gálatas fala que:3:10 - "Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas. Então se vamos seguir uma coisa da lei de Deus que era Mosaica devemos seguir todas, eu realmente errei no fato de falar que Cristo nos deixou apenas um mandamento, mas eu entendi que a Lei se cumpre em um só preceito Gálatas 5:14Amarás o teu próximo como a ti mesmo. E se você observar dentro desses estar não matar, não roubar, todos, as pessoas têm que saber diferenciar leis Mosaicas e os Dez Mandamentos, dos Dez Mandamentos o único que agente não segue é o sábado, que eu não tenho certeza se de fato não é para seguir ou não, por causa do que Cristo disse em Marcos 2:28 de sorte que o Filho do Homem é Senhor também do Sábado, mas eu realmente não tenho total convicção que o sábado é ou não para ser guardado pelo fato do que agente seguir são os Dez Mandamentos e aquilo que está Novo, porém não sei se a mulher pode falar ou não dentro da igreja exercer autoridade sobre um homem, não sei se ainda hoje é assim, porque existem muitas pastoras hoje que são de fatos usadíssimas pelo Espírito Santo, que pregam em culto de mulheres e outras que pregam até em culto de homens, e existe um Escritor que disse que dentro de um lar quando o homem não exerce suas obrigações à mulher pode muito bem "tomar" o lugar do homem para assumir responsabilidades Deus abençoa e acaba tudo certo, mas se de fato o homem é centrado, correto, ajuizado,ele é quem deve comandar a casa,porque o cabeça da casa é ele, porém o cabeça do casal é Cristo, e só porque o barco não vai bem ,Deus, não vai permitir que afunde só por causa do homem. Existe a questão de a mulher ter o dom para cantar, e se nas igrejas como diz na carta de Corinto, deveríamos ficar caladas então o que faríamos com o nosso dom, hoje

Anônimo disse...

, por exemplo em minha igreja eu sou do coral, já cantei muitas vezes na frente, se a mulher não pudesse falar então ela não poderia fazer nada entende, e o fato de muitas cantoras que fazem lindas composições de músicas, lindas letras e canções, ao cantar elas estão ensinando, pois essas letras foram tiradas da Bíblia, e logo elas estão exercendo autoridade de homem porque são músicas que ensinam, então é complicado, alguém chegar e dar algum veredito, naquela época as coisas eram diferentes, eram sim! Tudo que Paulo escreveu foi inspiração de Deus, mas as vezes acho que muitas coisas //não tudo// só serviram para aquela época! Hoje há mulheres que dirigi automóveis, coisa que até o século XIX se eu não me engano era absurdo, entre outras coisas até alguns séculos diziam que as mulheres deveriam ficar em casa e os homens trabalhar, muitos afirmando que a Bíblia dizia isso, mas hoje em dia sabemos que de fato a mulher foi criada para o lar, mas não há nem um versículo na Bíblia que proíbe a mulher de trabalhar porque se não de fato não faríamos isso, muito pelo contrário na Bíblia fala sobre a mulher virtuosa em Provérbios 31:10-31,que trabalha fora de casa
e ainda tem tempo para sua família,
o que a mulher não pode é permitir que falte algo para sua família por exemplo sendo displicente com seus filhos,maridos e até a própria casa em questões de limpeza por causa do trabalho, e sou a favor que a mulher trabalhe sim, mas só meio período de "manhã" por exemplo quando os filhos estão na escola e a tarde fica com eles e em casa cuidando do lar, para elas terem dinheiro para comprar roupas, cremes, etc, porque nós estamos aqui para viver bem e viver com abundância não mulheres tristes por aí querendo um perfume para comprar e um creme para colocar na cabeça e uma roupa nova, coisa que um homem muitas vezes não entende, porque muitos acham que quando a mulher namora ela é linda e justamente por isso que os homens se aproximam das mulheres muitas vezes por serem agradáveis( não só linda) e não vamos ser hipórcita qual é o homem que se aproximaria de uma mulher que não se arruma, não só em questão de maquiagem, mas que tem um bom cheiro( por exemplo algum homem iria gostar de uma mulher que não escova os dentes?Então o mesmo que falo em relação ao corpo) E depois que se casa quer que ela continue agradável, mas sem dar condições, mas não é este o assunto, mas existem viúvas
que tem filhos pequenos e precisa de sustentalos
, e mulheres que moram sozinhas por muitos motivos como pelo fato de serem orfãs, então o que fariamos com essas mulheres, como que elas iriam se sutentar, então muitas igrejas principalmente de interiores que dizem que as mulheres não podem trabalhar sendo que na Bíblia não está escrito isso!Então entende que são muitas coisas, as mulheres não podiam votar com os movimentos feministas hoje só não podemos votar como existem muitas deputad"a"s e senador"a"s e a Bíblia diz que Romanos 13:1-7 Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus. Então de fato esses negócio de costume e doutrina existe, e você querer comparar uma época com a outra de fato não combina, apesar de que eu tenho bastante dúvidas se de fato a mulher pode subir em um púlpito em um culto de homens, ou se ela só pode fazer isso se for um culto a mulheres, crianças e adolescentes como diz a Bíblia em: Sejam mestras do bem... sejam orientadas para ensinar as mais novas a serem "…sujeitas ao marido, para que a palavra de Deus não seja difamada" (Tito 2:3-5). Então eu não sei se com esse versículo da acesso a que as mulheres mais velhas subam em púlpitos.Ou se de fato só pódem preguar em casa, em uma visita... Depois olhe todo o versículo, mas para finalizar se tivessemos que seguir a lei Mosaica teriamos que apedrejar os filhos rebeldes Deuteronômios 21:18-21, teriamos que apredejar prostitutas, etc, então de fato existe diferença da Lei Mosaica e a os Dez Mandamentos, o viver pela graça. Mas acho que existem coisas dentro da Bíblia que jamais vamos

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

entender ou saber, é por isso que existem muitas denominações e doutrinas diferentes,por exemplo há evangélicos que guardam o sábado com algumas modificações porque eles fazem a obra, diferente dos judeus, estão errados? Não, é mais fácil agente está, porque o sábado é um dos Dez Mandamentos, mas um último exemplo, se um costume que tinha na cidade de Corinto do uso do véu fosse para todos, todos nós usaríamos o véu, que também não sei dizer se esse véu é o cabelo ou um lenço, e até onde eu sei na cidade de Corinto uma mulher que tivesse cabeça raspada era prostituta e a que tivesse cabelo curto ou era viúva ou uma penalidade por traição, e hoje em dia um homem ter cabelo grande não é questão de
... Até porque se eu não me engano os Judeus de antigamente tinham cabelos grandes,
e nem uma mulher ter cabelo curto é questão de ser viúva ou que foi penalizada por adultério ou outra coisa como disse o Pastor Silas Malafáia em Legalismo e liberdade Cristã.Desculpe por alguns erros de português, eu postei muitas vezes mais é porque eu pensei que não tinha ido, não foi algo proposital ou de brincadeira. Paz do Senhor esteja com todos.

Anônimo disse...

Inclusive se puder apagar os outros que ficaram repetidos eu ficaria contente e satisfeita.

gilcimar disse...

sobre o comentario da ADORADORA DE CRISTO< gostaria de dizer que tem que se ter cuidado com o negocio de contextualizar as coisas, visto que a propria ciencia da historia, mostra que ela nao é exatamente como contada,como disse Jesus: passe ceu, passe terra, mas a Minha palavra não passará...; a palavra de Deus é a unica garantia que temos na vida, a aliar a pesquisas de contextos historicos as vezes pode ser perigoso, por muitas vezes a historia foi tendenciosa para determinados tipos de interesses, que sejam politicos, socias ou ate mesmo, religiosos. temos que ter o cuidado de nao usar contexto historico para apoiar aquilo que QUEREMOS acreditar. as vezes me pergunto: o que sera melhor?! cumprir com o que esta escrito ou ARRISCAR fazer errado baseado em estudos/ciencias extra palavra de Deus. Só estou dando uma opinião, longe de mim estar te criticando, afinal como cristão te amo em cristo e acredito ser de Deus a sempre busca pela verdade da palavra Dele. Sou membro de uma igreja batista que tem pastoras, te confesso que foi lendo a palavra de Deus que comecei a ficar incomodado com este assunto,(sem influencia de ninguem), creio que o ESPIRITO SANTO nos guiara para o caminho que devamos seguir, paz do Senhor!!!

Aline Ramos disse...

Olá, pessoal! A Paz do Senhor!
Queria agradecer por todos os comentários neste post! Fico muito feliz mesmo por ter tantas pessoas discutindo esse asunto - isso é extremamente necessário!

Essa questão da mulher exercer ou não autoridade na igreja, ou de que tipo de atividade de liderança ela pode desenvolver, é muito raro hoje em dia, mas já foi muito discutido há alguns séculos. No tempo da reforma, e ainda para a maioria dos pensadores reformados da atualidade, o posicionamento foi e é bastante homogêneo a esse respeito.

Primeiro, gostaria de falar algo ao (ou à) "Anônimo". Precisamos deixar uma coisa bem clara aqui: esse debate é sobre o nível de AUTORIDADE que a mulher é permitida a ter na igreja, segundo a Bíblia. Segundo, estamos tratando disso baseados em escritos do NOVO TESTAMENTO - e não do Antigo. Assim, não está em questão se as regras da lei de Moisés devem ou não ainda ser obedececidas - como o sábado ou a questão das roupas de homens e mulheres, como você citou. Acredito que as regras para nossa vida Cristã estão definidas no Novo testamento, o qual nos revela o real propósito de tudo o que houve no Antigo, bem como de que maneira devemos lidar com e/ou viver o que o Antigo ensina. Portanto, não se trata de legalismo, mas de ensinos que Paulo nos deixou na Palavra, inspirado pelo Espírito Santo, e que, então, devemos procurar saber o que significa e como viver.

Terceiro, acho que a principal coisa que irá determinar nosso entendimento ou posicionamento sobre o assunto é: COMO NÓS LIDAMOS COM A BÍBLIA. A Bíblia foi o centro da reforma protestante - e é o centro da fé reformada. O grande ensino que Lutero e os reformadores vieram pregar foi que a nossa fé e nossa vida cristã deve ser baseada no que está escrito na Palavra. É claro que isso não exclui a ação do Espírito Santo, mas o Espírito nunca age contrariando a Palavra. Mas, em nossos dias, tem surgido grupos dentro da fé "protestante" chamados de LIBERAIS (além de outros mais extremistas) que defendem que apenas algumas partes da Bíblia devem ser tidas como verdadeiras ou úteis para todas as gerações, enquanto outras eram válidas apenas para os tempos em que foram escritas. Então, isso define tudo: quem determina o que é válido para nós hoje? A Bíblia ou os homens que interpretam a Bíblia? Porque é em função disso que tantas aberrações tem surgido dentro de igrejas que se dizem "protestantes", como o casamento e ordenação homossexual, as "Apóstolas", "Bispas" e não sei mais o que - porque algumas pessoas acham que podem determinar o que devemos acreditar da Bíblia e o que não devemos. Será que qualquer homem nesta terra tem essa autoridade? Precisamos ter muito cuidado com isso.

Aline Ramos disse...

Muito bem. Assim, gostaria de resumir mais uma vez o que acredito sobre esse assunto:
1) Paulo não fala que mulheres não podem abrir a boca ou emitir nenhuma palavra na igreja. Ele fala sobre AUTORIDADE. É a mesma mensagem que a passagem sobre o véu quer deixar. O véu simbolizava SUBMISSÃO, e é sobre isso que Paulo está falando. Mulheres que querem tomar as funções dos homens. Homens foram criados por Deus para serem os líderes, e não as mulheres. Deus criou a mulher para ser AUXILIADORA, e o homem para ser o CABEÇA. É assim! Toda a Bíblia mostra isso. Toda a história mostra isso.

2) Isso não significa que mulheres não possam estar à frente de nenhum trabalho. A Bíblia fala muito sobre o papel das mulheres na educação das crianças (como Timóteo que foi ensinado na Verdade por sua mãe e avó); sobre o papel das mulheres ensinando as outras mulheres sobre seus papéis (como em Tito); sobre mulheres desenvolvendo atividades de acolhida, cuidado dos necessitados, oração, até mesmo profecia. Existem MUITAS coisas que as mulheres podem e devem fazer. A restrição diz respeito à assumir autoridade SOBRE os homens, principalmente no que diz respeito ao ensino da Palavra e à condução do culto.

3) Não acho que quando alguém escreve uma música está assumindo autoridade sobre o ensino da Palavra (apesar de que isso dependerá muito do hino). É como quando escrevo algum texto aqui - meu objetivo é apenas compartilhar minhas idéias, não ensiná-las como verdades. Podemos compartilhar o que pensamos, mas nossos olhos, corações, mente não devem se desviar do fato de que isso deve ser feito em submissão e respeito ao papel dado aos homens.

4) Minha fé está baseada em TODA a Escritura - explicada e revelada por Jesus e seus Apóstolos. Não acredito que está escrito algo que não é mais válido para hoje. "Céu e terra passarão, mas a minha palavra permanecerá". Mas, é claro, acredito que é preciso saber interpretar bem as Escrituras. Porém, a regra maior para isso é que "as Escrituras interpretam as Escrituras". Não homens. Assim, basta vermos se a Escritura como um todo afirma esse pocisionamento de que existem coisas que mulheres não devem fazer (bem como existem coisas que homens não devem fazer), se a Palavra em outros lugares ou como um todo defende a liderança do homem e a submissão da mulher. Então, podemos chegar a uma conclusão.

Agradeço a atenção e participação de todos. E, como sempre, que o Espírito Santo, e a Palavra de Deus, nos revelem a verdade.

Paz.

Silas disse...

Gostaria da sua resposta sobre até quantas vezes um cristão pode divorciar-se ?

Silas disse...

Gostaria de sua resposta sobre até quantas vezes um cristão pode divorciar-se ?

Aline Ramos disse...

Silas, essa é a mesma resposta para a pergunta: "Quantas vezes um cristão pode pecar?" ou "Quantas vezes um cristão pode fazer sexo com sua namorada antes do casamento?" ou "Quantas vezes um cristão pode ver pornografia?" ou "Quantas vezes um cristão pode dar falso testemunho?"...

A resposta é: Ele não DEVE fazer isso NENHUMA vez!!! É PECADO! E nossas vidas enquanto cristãos deve ser uma corrida constante para o mais longe que pudermos de todo pecado!

Nossa medida enquanto cristãos não deve ser "Quão próximo eu posso me chegar do pecado e ainda assim não pecar?", e sim "Quão distante eu posso ir do pecado de forma a honrar mais a Deus com minha vida?".

Divórcio É PECADO! Da mesma forma que sexo pré-nupcial é pecado! Mas, sim, Deus nos perdoa, em Cristo pelos pecados pelos quais nos arrependemos! Da mesma forma que um jovem que não é mais virgem, mas se compreendeu o seu erro, se arrependeu e se humilhou diante de Deus, é perdoado por Deus e recebe a chance de ter uma nova oportunidade de viver em pureza sexual, o mesmo acontece com alguém que se divorcia. Jesus levou sobre si TODOS os nossos pecados!

A questão é: se você é um cristão, conhecedor da Verdade, consciente de que o divórcio é um pecado e que a única justificativa pra que ele ocorra é o adultério, o divórcio deixa de existir como possibilidade para você com outras justificativas! Não importa quão dificil o seu casamento seja, separar é desonrar a Deus, portanto você precisa assumir a responsabilidade de seus atos e de seus erros e sofrer as consequencias deles. E crer que Deus PODE mudar seu casamento, já que Ele foi quem disse pra vc honrar o matrimonio e não divorciar.

Bom, escrevi um post né? (Pra variar!rs.) Vou ficando por aqui, meu irmão. Mas, caso você queira, podemos continuar o assunto posteriormente.

Abraço!

Raquel disse...

Nossa, que post elucidativo e bem escrito. Concordo com tudo que tu escreveste. Na minha opinião, a Palavra é a mesma ontem, hoje e sempre. Este é um assunto polêmico, mas a Bíblia é clara quanto a isso.
Beijos, irmã!

Silvinha disse...

Graça & Paz! Muito obrigada por ter se permitido ser usada pelo ES pra escrever este post. Até pouco tempo atrás eu tinha o desejo de pregar pra um público, até q comecei a frequentar as reuniões de parte da Igreja - Corpo de Cristo - q não possui denominação (assim como a Igreja Primitiva) e lá aprendi que as mulheres devem permanecer caladas durante as reuniões. E eu achava isso um absurdo tão grande que me afastei por um tempo da comunhão por esse motivo. Graças à Deus por sua vida, pois estou retornando nessa comunhão e queria esclarecimentos baseados completamente na Palavra e foi o q encontrei aqui: como diz um louvor que um pastor amigo meu, Deigma Marques [www.deigmamarques.com.br], canta divinamente bem: ♪ Mais de TI e menos de mim... ♪. Vou publicar este post seu com os comentários no meu blog, pois creio q irá esclarecer muitas mulheres; e homens tb. abraços em Cristo, q nos une em Seu Amor ♥

Amélia Rodrigues disse...

Acho que as mulheres ,não estão nos púlpitos por uma benignidade masculina e nem por desobediência a Paulo, penso que , nos conquistamos um lugar não a frente do homem, mas ao lado, como Deus quis que fosse desde o principio, a humanidade caída é que reproduziu a mulher como amaldiçoada, porem vivemos agora um resgate da imagem e semelhança que nos foi conferida ao sermos criadas, da costela de um ser perfeito em sua criação, como era Adão antes de pecar.Débora viveu no período da lei, e ninguém pode negar sua autoridade em momento em que a liderança masculina, precisava de uma mãe, quando temos a honrar de subir numa tribuna não é para subjugarmos o homem, e obedecemos Paulo ficando caladas, enquanto o Espírito Santo fala por nos, agora se alguma mulher fala de si mesmo eu não posso dizer que esta certa.Se assim fosse até hoje as mulheres estariam vivendo como no tempo da lei o que limitaria também o louvor por nossa parte , o ensino de crianças ,jovens e adolescentes ou seja a Igreja seria um lugar onde Deus não faz acepção de pessoas. Amélia Flores Rodrigues- ameliafsrodrigues@gmail.com

Anônimo disse...

Quando a Bíblia manda as mulheres ficarem caladas nas igrejas era devido a lei, pois era um costume da mulher somente cuidar da familia. no meu ver a mulher pode sim ter oportunidades na igreja desde uma 'simples' recepção como louvor, palavras, ensinamentos e até mesmo uma pregação. pois as mulheres deveriam ficar caladas devido a cultura da época (a lei/ o costume) é tanto que nas igrejas que eu conheço em que a mulher nao pode ter um cargo nen oportunidade, eu vejo vária louvando, recepcionando, e ate ensinando(professoras de escolas bíblicas por exemplo) e como foi citado, na carta de Paulo isso era errado.mas com a mudança do costume creio sim nos 'direitos espirituais' da mulher (vale ressaltar que nao é preciso ter oportunidades na igreja para se alicessar, visto que a maior obra é no mundo ai fora[evangelismos])
me chamo Daniel e sou de uma igreja pentecostal.agradeço desde ja a todos. Paz do Senhor!

renny_leones disse...

e importante analisar bem a biblia e pedir o auxilio do espirito santo, para da o entendimento observe que naquela época não era apenas ali em um lugar mais em vários lugares a mulher sofria preconceito,por isso para evitar o sofrimento com o preconceito da época,Deus ordenou que desse a lei ordenando que elas não falassem naquela época ,pois se analisarmos joel 2:28 se referi também para o futuro ,ele cita as mulheres a profetizar , a bíblia diz que o dom de profetizar e muito importante como os demais isso prova que Deus estabeleceu a mulher em algo para ajudar a pregar o evangelho ,se ela pode profetizar também pode pregar pois Deus lhe concedeu um dom importante mostra que ela também poderia pregar e na bíblia tambem fala de mulheres profetizas

Aline Ramos disse...

Renny,

O Novo Testamento fala sobre mulheres profetizando. Acho que esse versículo foi citado em algum dos comentários ou no próprio texto, não lembro, pois o post é antigo.

Porém, profecia é diferente de ensino da Palavra, ou seja, pregação, e isso fica claro quando se fala dos dons do Espírito Santo. O fato de ser permitido às mulheres receberem profecias, não torna, automaticamente, permitido ou estimulado a elas que sejam pregadoras. São coisas distintas.

E temos que ter cuidado ao fazer raciocinios baseados em nossa propria razão para chegar a conclusões sobre a Bíblia. Se você quer debater a Bíblia, precisa ser com a própria Bíblia. Se me diz que mulheres também podem pregar, ser pastoras ou cabeças da igreja, você precisa fazer isso com verdades da própria Escritura, e não com suposições racionais, afinal, a sabedoria dos homens é loucura aos olhos de Deus, não é?

Que seja a vontade dEle e não a nossa! PAz!

Cheia da tua graça disse...

Ué? Por que este blog ainad existe? Tendo em vista que as mulheres não podem ensinar na igreja. E a igreja é muito mais do que templos? eu sou igreja, e vc está me ensinando...

Quanto aos versículos citados, Paulo fala claramente que as mulheres devem estar caladas, perguntar em casa para seus maridos, não devem conversar. Como elas ainda fazem hj em dia atrapalhando o culto.

O fato de as mulheres não poderem ensinar, diz-se de serem mestres, ou seja, terem a autoridade pastoral.
Falar de Jesus é obrigação de homens e mulheres dentro e fora dos templos.

Por fim, antes as mulheres do que as pedras.

a Paz

Washington disse...

A graça e a paz do Senhor Jesus. Deus instituiu o homem como pregador da Sua Palavra nas igrejas. Lembrando que até os anjos o queriam fazer. A Palavra de Deus é imutável, independente de épocas, querer mudá-la é praticar a apostasia citada pelo Senhor Jesus Cristo. A apostasia atrai maldição na vida de quem a pratica.
A Bíblia é muito clara em relação a autoridade do homem, já para justificar o direito de igualdade da mulher é preciso buscar nas entre-linhas, ou seja, inventando e tirando de sí. A mulher tem um ministério muito lindo e importante que complementa o ministério do homem, ambos, deveriam cuidar de seus ministérios com excelência, deixando cada um com o que lhe foi designado pelo Senhor. Fiquem todos com Deus.

Anônimo disse...

oi aline parabens por espor sua opiniao sendo que eu tambem venho buscando resposta a cada dia sobre essa passagem mas ti digo que nos mulheres temos um papel importantissimo na vida de um homem pois DEUS deu a cada um o seu dever.mas nao tenho toda certeza ainda sobre mulher pregar mas quero resposta do senhor e estudando a biblia min pareçe que realmente a mulher deve permanecer calada na igreja.que o espirito santo de DEUS nos ajudem a compreeder porque quero obedecer a DEUS porque a desobediençia leva a morte.mas DEUS esta no controle de tudo.DEUS abencoe. e tambem acredito que a palavra de DEUS e a mesma nao muda,entao acho que nao foi so para a igreja daquele tempo

Anônimo disse...

As mulheres são encorajadas a ensinar a outras mulheres (Tito 2:3-5). A Bíblia também não restringe as mulheres de ensinarem crianças. A única atividade que as mulheres são impedidas de fazer é ensinar ou ter autoridade espiritual sobre homens. Isto logicamente inclui mulheres servindo como pastoras e pregadoras. Isto não faz, de jeito algum, com que as mulheres sejam menos importantes, mas, ao invés, dá a elas um foco ministerial mais de acordo com o dom que lhes foi dado por Deus

Aline Ramos disse...

Olá, meus irmãos! Agradeço as exposições de suas opiniões e peço desculpas por minha ausência na discussão.

Lendo os últimos comentários, muitos que eu não cheguei a responder, gostaria apenas de salientar que o que estamos afirmando (biblicamente) não é que a mulher não tem o direito de exercer nenhuma função na Igreja, ou que ela deve "permanecer calada", literalmente, sem poder se manifestar em nada. Absolutamente não!

Entendo que o que está em jogo nessa questão, conforme 1 Timóteo 2.11-12, é o papel de líder que Deus deu aos homens, e de auxiliadora que Deus deu às mulheres. Esse é o centro do assunto, ao meu ver. Desde a criação, Deus deu o papel de liderança para o homem - foi de Adão que Deus cobrou a queda de ambos, ainda que Ele soubesse que tinha sido Eva a primeira a pecar e quem levou Adão a pecar. Mas Adão era o líder e era ele quem responderia pela família - assim como a Bíblia afirma continuar sendo o padrão para a família cristã hoje. Isso não quer dizer que Deus considera o homem superior à mulher - Ele apenas definiu que as coisas deviam ser assim (e até podemos entender alguns motivos para isso, se quisermos refletir um pouco). São apenas papéis/funções diferentes que Deus determinou para cada um - uma não deve ser olhada como melhor do que a outra.

Nós, mulheres, fomos criadas para sermos auxiliadoras. E o que a Bíblia está nos ensinando é que esse chamado se aplica à Igreja de Cristo tanto quanto se aplica ao casamento. Aliás, como uma mulher pode estar sujeita a autoridade do marido e estimulando a sua liderança dentro da sua casa, mas não dentro da Igreja? Não seria contraditório o homem ser o cabeça da mulher dentro de casa e, ao chegar na igreja, a mulher passar a ser a líder do marido?

Então, entendo que a questão trata de liderança. Mulheres não foram criadas para liderarem a Igreja de Cristo - esse é um papel dado aos homens. INFELIZMENTE (muito infelizmente), os homens de nossos dias tem se tornado cada vez mais omissos, passivos, covardes, imóveis, sem assumir o chamado que foi feito a eles e, então, é quando muitas mulheres são quase obrigadas a tomar a frente (do mesmo jeito que ocorre nas famílias). Mas não deve ser assim. Nossa resposta, mulheres, não deve ser tomar um papel que não é nosso, mas estimular os homens, de todas as formas que pudermos, a acordarem e se tornarem ativos em tudo que o Senhor planejou para eles. O que acontece em nossos dias é exatamente o que aconteceu com Adão e Eva: o primeiro pecado de Eva não foi comer o fruto proibido, foi assumir o papel de líder e tomar a frente da relação, tomando uma decisão que deveria ser de seu esposo e líder - e a omissão de Adão, ao ver Eva tomando sua liderança, sendo enganada, e não fazendo nada. O primeiro pecado foi a inversão do padrão estabelecido por Deus.

E, em nosso mundo feminista, que diz que se nós, mulheres, não pudermos fazer tudo aquilo que os homens fazem, nós estamos sendo menosprezadas e discriminadas. Mas essa não é a verdade bíblica. Não precisamos ser iguais aos homens para sermos valorizadas diante de Deus. O que precisamos é viver aquilo que o Senhor nos designou para fazer.

Que Ele nos ajude com a sabedoria, humildade e desprendimento para compreender Sua verdade eterna e obedecê-la sempre!

Paz.

Anônimo disse...

Parabéns Aline! Concordo em grande parte com a sua opinião, mesmo porque, é baseada no evangelho puro e simples. Muitas pessoas acreditam ser escolhidas para "transgredir" os mandamentos através de visões e pseudo chamados (muitas vezes fruto de uma relativa histeria coletiva, vide James Warren "Jim" Jone). Meus caros, o Espirito Santo não é bêbado, nem confuso, Ele é Deus. A obra será julgada por Deus, e não por homens. Logo, uma igreja cheia e com "fogo" não significa unção (esta, que por sua vez, vem a confirmar as escrituras). Não me surpreende o crescimento do homossexualismo nas igrejas ou confusões de gênero (ou até mesmo tantas mulheres reclamando que os homens são "frouxos"). As mulheres são especiais, ao clamarem por igualdade, tornam-se iguais. Enfim, que a verdadeira paz de Deus seja o arbitro e guia de cada um de nos. Paz de Cristo...

Anônimo disse...

Alienada, só isso!!

Anônimo disse...

Lamentavelmente o entendimento que Jesus pregou não respeitado por certos religiosos, ou pela maioria dita Cristã, Há controversas a diversos temas da Bíblia, como guardar o sábado, pregar em silêncio(não fazer gritarias)pois Deus não é surdo, a morte de Jesus na Cruz, emfim, o importante é respeitar os mandamentos da Sagrada Escritura e Adorar o Cristo vivo.

Anônimo disse...

O problema de tanta evasão na igreja é esse: a dificuldade de contextualizá-la no mundo contemporâneo. A Bíblia foi escrita ha mais de milhares de anos, e a humanidade passou por muitas evoluções nesse tempo. Não dá pra incutir nas pessoas pensamentos retrógrados que já foram superados, antigas `verdades´ que já foram desbaratadas.

Anônimo disse...

Deus não estabeleceu a liderança do homem no lar. Quem estabeleceu isso foram os homens. É um pensamento errôneo, que já está sendo suplantado.
Hoje em dia as mulheres são chefes de muitas famílias, são elas que sustentam financeiramente e tomam as decisões dentro do lar.
Antes a mulher era sufocada, pois ao tentar trazer opiniões era interrompida pela força física do homem.
Foi a força física que forjou a sociedade antigamente, pela lei do mais forte.
Hoje a lei não depende mais da força física, pois o Direito barra essa força.
Então agora se a mulher for mais capaz que o homem, ela se torna a chefe.
Vários estudos atuais trouxeram à tona que era uma mulher quem chefiava os dicípulos de Jesus após sua morte (Maria Madalena), que por todos esses anos recebeu papel de prostituta pelo único fato de ser mulher. Os homens não queriam deixar que as mulheres tivessem conhecimento de suas capacidades para não serem dominados por elas.
Mas uma hora a verdade vem a tona e os fatos são revelados.
Esse pensamento está sendo suplantado, e as pessoas sabem que o que torna uma pessoa líder ou liderado não é o seu sexo, e sim a sua capacidade.
Estão aí de prova: Margareth Tatcher, Angela Merkel, Dilma Rousseff, Michele Bachelet, e tantas outras mulheres anônimas, chefes de empresas, de familias, de repartições publicas, de hospitais, de escolas, etc..
E agora ficam FATOS ATUAIS QUE TODOS ENXERGAM x TEXTOS ANTIGOS DE TEMPOS REMOTOS

Anônimo disse...

Isso é uma regra muito antiga, do tempo do machismo.
Hoje em dia mulher deve falar na igreja pois ela tem muito o que acrescentar.
Sábio não é só aquele que sabe falar, mas principalmente aquele que sabe ouvir.

Anônimo disse...

OLHA ESSA PESQUISA DO IBGE:

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/11/28/numero-de-mulheres-chefes-de-familia-cresce-mais-do-que-quatro-vezes-segundo-ibge.htm

Anônimo disse...

Antigamente mulher não podia estudar, mal podia sair de casa.

Como alguém que não tem acesso ao conhecimento pode liderar?

Se mulher e homem tiverem as mesmas possibilidade, vai liderar quem souber aproveitá-las melhor.

A mulher não é melhor porque é mulher, nem o homem melhor porque é homem.


Anônimo disse...

Tiago---> Irmão... me deixaram confuso! rsrs q assunto mais polêmico é esse! E agora? Paz!!!

Deise Ferreira disse...

Amei os comentários da Adoradora e da Cheia da tua graça.

Graças a Deus por vocês terem escrito o que escreveram e me ensinaram muito!

Cada palavra da Aline ia me matando, mas a de vocês trouxe vida!

Sou ministra de Louvor e amo ministrar perante a congregação e SIM, sou usada pelo ESPÍRITO SANTO DE DEUS, para isso, E ISSO NÃO É PERMISSÃO DE DEUS, É CHAMADO E A BOA, PERFEITA E AGRADÁVEL VONTADE DE DEUS.

Deus me livre sempre desses que querem levar a letra, porque a letra mata, mas Deus ponha em meu caminho os que trazem o ESPÍRITO, porque o ESPÍRITO vivifica.

MULHERES DE DEUS: preguem mesmo, sejam muito e muito usadas por DEUS para benefício do REINO de JESUS CRISTO, porque o mesmo CRISTO que não rejeitou as crianças e que deixou ser tocado pela mulher do fluxo de sangue É O MESMO que diz:


2 Epístola de João

O presbítero à senhora eleita, e a seus filhos, aos quais amo na verdade, e não somente eu, mas também todos os que têm conhecido a verdade,

Por amor da verdade que está em nós, e para sempre estará conosco:

Graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo, o Filho do Pai, seja convosco na verdade e amor.

Muito me alegro por achar que alguns de teus filhos andam na verdade, assim como temos recebido o mandamento do Pai.

E agora, senhora, rogo-te, não como se escrevesse um novo mandamento, mas aquele mesmo que desde o princípio tivemos: que nos amemos uns aos outros.

E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele.

Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo.

Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão.

Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho.

Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis.

Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras.

Tendo muito que escrever-vos, não quis fazê-lo com papel e tinta; mas espero ir ter convosco e falar de face a face, para que o nosso gozo seja cumprido.

Saúdam-te os filhos de tua irmã, a eleita. Amém.


DEUS ABENÇOE CADA PASTORA, CADA MINISTRA DE LOUVOR, CADA DOUTORA EM TEOLOGIA E NOS DÊ FORÇA PARA IR ADIANTE PORQUE A NOSSA VITÓRIA É CERTA EM DEUS!

(Deise Cristina Ferreira dos Santos)
blog: ministrarlouvor.blogspot.com.br

Anônimo disse...

eu acredito o seguinte, se DEUS POR MEIO DA BIBLIA falou q a mulher Ñ PODE FALAR NA IGREJA, ñ há pastor ou comissão nenhuma q possa MUDAR as palavras dele, senão daqui a apouco vão ter INUMEROS pastores mudando cada CAPITULO E VERSICULO da biblia de acordo com seus proprios INTERESSES pessoais, se lá diz q ñ pode RESPEITEM, E PRONTO, ñ adianta dizer q fulano disse q pode, comissão tal falou q pode sim, SE A BIBLIA CONDENA É PQ ISSO Ñ SE FAZ.
PROCUREM RESPEITAR E PRONTO.

Mariane Meira disse...

Eu creio que Deus usa homens e mulheres,meu marido nunca se sente inferior a mim quando prego ou canto na igreja,para ele e para meu pastor é motivo de alegria,a biblia é um livro de verdades,mas a maioria delas são tradições machistas sim e cheias lendas,Deus quer usar homens,mulheres,jovens,crianças,todos nós para pregar nestes últimos dias,pois ele está voltando ,e enquanto me derem oportunidade para pregar eu prego,evangelizo,visito,faço obras de caridade e dou conta de meus afazeres domésticos,muitos pastores são o que são hoje pr causa de sua esposa.

efsbio disse...

Prezados Amigos e Amigas, o que está escrito está escrito. Se quisermos inventar histórias como: "naquela época ele estava querendo dizer ... cada um vai dizer o que quiser do que acha que ele achava que queria dizer, dizendo o que cada um quer dizer". É assim que nascem as diversas denominações? Cada um seguindo o seu próprio ego? Idolatria do "eu sei", do "ele que sabe", "do mais certo", "do doutor"? O que está escrito está escrito. Como ele disse: o que quiser ignorar, seja ignorado. Forte, não? Isso não significa em proibição, ou em dizer que um é melhor ou pior que outro,machismo, feminismo, eufemismo, sexualismo, "outroismo"... mas uma orientação e que cada um deve meditar e pensar sobre o assunto, meditar e conversar com Deus. O homem não deveria ficar impondo pensamentos particulares a nenhum outro ser pensante e livre. Isso seria o homem querendo se fazer de deus sobre outro homem? Conversar sobre tais assuntos pode ser útil. Ruim parece ser não conversar sobre certos assuntos e ficar fingindo um para com o outro, como se tudo estivesse certo. Um abraço.

efsbio disse...

Bem melhor...

"É bem melhor serem dois numa linda canção..."

https://www.youtube.com/watch?v=mqzLUbTq-cE

thomastempo disse...

ADORADORES EM CRISTO DIGO: O contexto de As Mulheres estejam Caladas NAs Igrejas, não se refere a Estarem caladas Durante AS PROFECIAS OU QUANDO ESTIVEREM FALANDO EM LÍNGUAS ESTRANHAS, ``e só ler Meu Caro, Quando Paulo Diz Que Falem Um de Cada Vez com Decência e ordem, FALAR TANTO DE HOMENS QUANTO MULHERES, não Há Versículo a algum que Der vazão a isto, Para entender que Falar somente Das Mulheres. Agora Quando Chegar No Versículo 34 Falar Somente DA Mulher e Sua Posição na Igreja, Duvida então veja. 1 Corintios Versículo 35, SE QUEREM APRENDER ALGUMA COISA, INTERROGUEM A SEUS PRÓPRIOS MARIDOS EM CASA; PORQUE É INDECENTE A MULHER FALAR NA IGREJA, Bem Paulo encerra o assunto no versículo 33 e começa outro assunto veja e leia. no versículo 35, Paulo deixa claro que qualquer pergunta que querem fazer, faça a seus maridos, Como vao perguntar se não podem falar, MUE CARO N~~AO PERMITIDAS FALAR ENTENDEU, E QUANDO DIZ NAO PODEM FALAR É NAO PODER EXPRESSAR A NAO SER EM LINGUAS, NAO PERVETA

Anônimo disse...

Acho que realmente as mulheres deviam ficar caladas como diz a biblia , porem vocês só pegam a parte que lhes interessa e apenas a parte que fala que ser gay é abominação é levada á risca !!!

Anônimo disse...

Por essa biblia que a mulher foi tão discriminada por séculos e esta mesma biblia ajudou a perdurar a escravidão por milenios !

Anônimo disse...

(1 Timóteo 2:11, 12) . . .A mulher aprenda em silêncio com plena submissão. Não permito que a mulher ensine ou exerça autoridade sobre o homem, mas que esteja em silêncio...

Mais claro que isso impossível!

Anônimo disse...

Adores de Cristos, quando diz: Ide pregai o evangelho a toda a Criatura Está se Falando Exclusivamente e Homens, Sua Intepretação é No mínimo Ridicula, Prove me se Tinha Alguma Mulher No Grupo em que foi dirigida esta Palavra; Segundo Prove se o Versículo Citado por Você engloba ambos os Sexos, falando quantas Mulheres Jesus Escolheu e quantas Mulheres Estava Persentes quando esta Palavra Foi Direcionada, pare e ser Ridiculo meu camarada

Narratíva Bíblica.Com disse...

A Paz do Senhor irmã, você é a única mulher que até agora vi respeitar a Palavra de Deus sobre esse assunto tão polêmico.

Belo texto.

A- RABIJE disse...

OLÁ ESTE COMENTÁRIO VAI PARA A ADORADORA DE CRISTO COM MUITO AMOR EM JESUS!!NÃO ESCREVO MUITO BEM MAIS ENTENDO UM POUCO DO QUE O ESPÍRITO SANTO DE DEUS ME DIZ ATRAVÉS DAS ESCRITURAS SAGRADAS,E QUERO DEIXAR BEM CLARO QUE SOU SERVO DE JESUS E NÃO DEFENDO NENHUMA DENOMINAÇÃO,POIS QUANDO COMEÇOU AS IGREJAS EM ATOS PRINCIPALMENTE ATOS 11,AS PESSOAS ERAM CONVERTIDAS AO SENHOR JESUS E NÃO A IGREJA A OU B OU C OU INDA D,ENTENDI? O IRMÃO BARNABÉ QUE VEIO DA IGREJA DE JERUSALÉM,EXORTOU AS PESSOAS DAQUELE LUGAR A FICAR AINDA E PERMANECER EM JESUS NOSSO SENHOR,E NÃO A IGREJA A OU B,MAS AO COMENTÁRIO DA ADORADORA DE CRISTO LÁ VAI UM TRECHO QUE ELE DISSE: Isso expressa a atitude de um aprendiz. Ou seja, Paulo estava a dizer para aquelas mulheres aprenderem as verdades do
verdadeiro Deus em vez de ensinarem heresias.NO CONTEXTO DE 1 TIMOTEO CAPITULO 2 NOS VERSOS 12 AO 15 OBSERVE O QUE DIZ:NÃO PERMITO QUE ENSINE OU EXERÇA FUNÇÃO DE HOMEM,AGORA A PARTE MAIS IMPORTANTE QUE AS VEZES PASSA DESPERCEBIDO POR MUITOS...DIZ NOS VERSOS 13 E 14 POQUE PRIMEIRO FOI FORMADO ADÃO E DEPOIS EVA,E ADÃO NÃO FOI ILUDIDO MAS SIM A MULHER... É SÓ OBSERVAR,QUE A DIFERENÇA NÃO É DE UMA CULTURA ONDE TINHA deusa OU ÉPOCA QUE TINHA UM POVO MACHISTA,POIS A PALAVRA DE DEUS É DO PRINCÍPIO MEIO E FIM,NÃO TEM ANTIGAS ORDENS DE DEUS E SIM SEMPRE ATUALIZADAS ORDENS DO SENHOR,POR ESTA RAZÃO NÃO FOI PERMITIDO QUE A MULHER FALASSE ACIMA DOS HOMENS,PELO MANDAMENTO DO SENHOR E ASSINO EM BAIXO DE TUDO QUE A IRMÃ ALINE ESCREVEU ESTA MULHER É ABENÇOADA,E NÃO DEIXOU DE FALAR DAS VERDADES BÍLICAS AS QUAIS SÓ PODEM SER VISTAS QUEM ESTIVER EM VERDADE E EM ESPÍRITO,E POR FIM MESMO MINHA CONCLUSÃO FINAL NO TEXTO ESTÁ BEM CLARO QUE É UM PONTO DE LUGARES E POSIÇÕES,POR ESTE MOTIVO DISSE QUE NÃO EXERCER= (CARGO,FUNÇÕES,ATIVIDADES DE HOMENS)E PRIMEIRO O HOMEM E DEPOIS A MULHER E SE FOR A VONTADE DE DEUS QUEM É HUMILDE COMO A IRMÃ ALINE DISSE RESPEITARÁ,E NÃO PRECISEI ESTUDAR APOLOGIA OU DOUTRINAS DE HOMENS,OU AINDA TEOLOGIA,(ESTUDO DE DIVINDADE)PRA SABER O QUE APRENDE COM O PRÓPRIO ESPÍRITO SANTO DE DEUS NOSSO ÚNICO SALVADOR...CRISTO JESUS.PENSE NISTO POIS NÃO SE TRATA DE CULTURA OU TEMPOS OU AINDA UM ESTUDO QUE APRENDEU SOBRE A GRÉCIA OU CIDADES DA ÉPOCA,TEM UMA FRASE BEM SIMPLES PRIMEIRO ADÃO E DEPOIS EVA,E CONCORDO COM ALINE QUANDO ELA DISSE QUE AS MULHERES SÃO MAIS TIVAS EM TUDO NA FRENTE DOS HOMENS,POR ESTA RAZÃO DEUS OS INSPIROU OS IRMÃOS DAQUELA ÉPOCA PARA NOS DEIXAR COMO EXEMPLO,POIS OS HOMENS FICAM MEIO CAÍDOS MESMO QUANDO AS ESPOSAS,QUEREM ATÉ MEIO SEM MALDADE PASSAR A FRENTE DE NOSSA AUTORIDADE QUE DEUS DEIXOU.FALO ISTO POR EXPERIÊNCIA COM MINHA ESPOSA,QUANDO ELA ME ELOGIA EU ME SINTO BEM,TEVE UM EPISÓDIO QUE A NOITE NA CAMA ELA ME DISSE QUE AGORA ELA ENTENDI PORQUE EU SOU O CABEÇA DO LAR... E OLHA QUE ELA NÃO É UMA VAMOS DIZER RECATADA E DOMÉSTICA,NÃO DESMERECENDO,MAS COMO O MUNDO MESMO CHAMA AMÉLIA,ELA TRABALHA E GANHA MAIS DO QUE EU E TEM UMA POSIÇÃO BOA NO TRABALHO A QUAL NÓS EM CONJUNTO ESTAMOS TRABALHANDO PRA REVERTER ESTE QUADRO,POIS ELAS PODEM AJUDAR SENDO BOAS DONAS DE CASAS E E TODA SANTIDADE E SERÁ SALVA ATRAVÉS DE SEU BOM PAPEL DE MÃE EM SANTIDADE A DEUS COMO DISSE NO FINAL DE 1 TIMOTEO 2 VERSÍCULO 15 QUEM ACHAR ISTO UM ABSURDO LER PRIMEIRO ESTE VERSÍCULO E REFLITA E DEIXE QUE O SENHOR OS ENSINE,E NÃO TEOLOGIA E APOLOGIA DOS HOMENS...PARABÉNS CARA IRMÃ ALINE E VOU ORAR POR VOCE IRMÃ ADORADORA DE CRISTO COMO ORAREI PARA MUITAS OUTRAS DE PÚLPITO ATUAIS...QUE O SENHOR JESUS OS ABENÇOE EM NOME DE CRISTO O SALVADOR DE TODOS OS QUE QUEREM SEREM SALVOS!!!

BRANCA Abreu disse...

Amada irman! fiquei jubilante! eu precisava muito ouvir essa palavra. Deus te abemçoe continue fazendo a vontade de Deus.
Abraço fraterno!
Paz e Graça de Deus
ass.Irman Branca

thomastempo disse...

Nunca uma Mulher Ensinou Um Homem na Bíblia como os Adoradores de Cristo Diz. Priscila Nunca Ensinou Apolo Como Muitos Dizem Por Ai, Priscila Relatou a Apolo o que Estava Acontecendo na Igreja e como a Obra de Deus Estava enfrentando as Dificuldades do tempo e não Discípulou a Apolo como muitos Diz Por Ai. E a Irmã Feme Nunca ensinou Ninguém como eles Dizem nada Disto que Diz é verdadeiro não passa de Mentiras Mirabulantes que não está Escrito na Bíblia tal Coisa, Mulheres falarem na Igreja é Pecado e as Mulheres que Falam na Igreja Não obedece a Biblia, segue Doutrinas de Demônios e não de Deus.

Anônimo disse...

Tenho me perguntado a respeito disso já faz algum tempo. Já preguei em vários ministérios e até ministrei escola bíblica dominical algumas vezes. Mas estes textos sempre me preocupavam. Então,percebi meu erro,em desconsiderar a clareza dos ensinamentos das escrituras;vi que ao invés de promover o Reino,eu estava fortalecendo o feminismo predominante nesta nossa era moderna e globalizada.E desde já agradeço a Deus por sua vida Aline,que teve a coragem de abordar este assunto tão polêmico,mas de estrema importância. Deus te abençoe. Sei que não vai ser fácil,mas vou obedecer a palavra de Deus. Paz do Senhor.

Paulo Camilo disse...

PARABENS ALINE, EDIFICANTE SEU COMENTARIO!

Georges disse...

Muito sábia esta explanação, me surpreendeu positivamente, ao pesquisar sobre este assunto tão polêmico e tão atual.
Parabéns, Deus abençoe.
Georges

Jaison Marquiori disse...

O verso 13 inicia com “porque” e dá o “motivo” do que Paulo afirmou nos versos 11-12. Por que não devem as mulheres ensinar ou ter autoridade sobre os homens? Porque “primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.” Este é o motivo. Deus criou Adão primeiro, e depois criou Eva para ser uma “auxiliadora” de Adão. Esta ordem da Criação tem aplicação universal na família (Efésios 5:22-33) e na igreja.
Deus abençoe!

Aline Ramos disse...

Meus queridos irmãos e irmãs em Cristo!

Quero agradecer a cada um que veio participar desta reflexão a respeito desse assunto tão sério e complexo em nossa realidade moderna e expressar minha alegria por nos ver pensando sobre isso. Minha expectativa e esperança é que possamos parar com sinceridade para pensar sobre o assunto, mas, principalmente, que possamos pensa-lo olhando para a Bíblia, as Sagradas Escrituras, as quais cremos ser a Palavra revelada de Deus e que, desde os primórdios do protestantismo, é crida como nossa regra e autoridade de fé e conduta. É assim que creio e, portanto, é a Bíblia (e não qualquer raciocínio humano) que defendo acima de todas as coisas.

Dito isto, gostaria de ressaltar que todas as opiniões são bem vindas nessa discussão, porém gostaria de pedir enfaticamente que MANTENHAMOS O RESPEITO a TODOS em nossos comentários. Não estamos aqui numa luta para mostra quem sabe mais, muito menos para desprezar qualquer pessoa (principalmente, nossos irmãos na fé). Então, que tudo o que falemos, o façamos com amor e em temor a Deus. Não precisamos de palavras depreciativas e humilhantes. Esse espaço não é para isso! Assim, precisarei excluir alguns comentários que depreciaram alguns dos participantes da conversa. Peço à pessoa que os escreveu que possa voltar e expor sua opinião sobre o assunto novamente, porém com respeito aos outros.

Por fim, espero que possamos continuar debatendo o assunto. Sugiro que possamos partir de algumas perguntas básicas ou trechos bíblicos, e que nossas respostas tenham fundamento bíblico, para que não fiquemos apenas no "eu penso isso" e "eu penso aquilo". Reafirmo que nossas formas individuais de pensar e raciocinar jamais serão mais importantes do que a Palavra eterna de Deus, falada através dos homens que Ele mesmo escolheu.

Paz e graça a todos. E MUITO OBRIGADA por aceitarem participar dessa reflexão. O Espírito Santo nos guie!

Anônimo disse...

Graça e Paz!

Louvado seja o nome do Senhor Jesus Cristo.

Como fui edificada, desde o post aos comentários. Sou grata a Deus.

Não entendo! Se Paulo direcionado pelo Espirito Santo, escreveu para aquela "época/cultura", quem escreveu para a nossa? E o que escreveu? O que devemos "seguir"?
A BÍBLIA é a Palavra de Deus e sempre será! Não devemos usa-la para as nossas satisfações e/ou "achologias", devemos obedecer e regozijar-nos com as ordenanças do Senhor para as nossas vidas.
Obedecer é melhor do que sacrificar, os que são espirituais discernem o que é do Espírito.
"E se alguém se considera espiritual, reconheça ser MANDAMENTO do Senhor o que vos escrevo."

Aline, que o nosso único e verdadeiro Deus, Aquele que É e sempre Será, te conserve firme e constante na Palavra Dele, no amor e na obediência. O Senhor te revista de força e de sabedoria.

Amados, que a Paz do Senhor que excede todo entendimento esteja presente em nossas vidas hoje e sempre, e que o Espirito Santo nos capacite e nos traga o discernimento que Deus quer tenhamos, que Ele nos guarde e nos livre de perecer por falta de conhecimento. Amém!

Em Cristo,

Elane Oliveira

Web Rádio Fonte de Salvação disse...

DEUS JAMAIS IRIA DAR O DOM DA FALA A MULHER SE ELA NÃO O PODERIA USAR!

Porem como diz provérbios 2 temos que buscar a sabedoria o entendimento e quando tudo isto estiver agradável então entendera o verdadeiro temor a Deus, Lógico que a lei diz e se a lei diz é antes de qualquer movimento cristão ou ate mesmo da vinda de cristo e disse cristo que nada da lei passaria ate tudo se cumprir assim nos todos estamos sujeitos aos 613 mandamentos bíblicos... E um deles é que a mulher não seja superior ao homem com isto é só uma questão de obediência não uma questão de incapacidade para a mulher... A mulher sábia edifica a sua casa (vida) a tola a destrói... Se Deus quer que assim seja assim que o seja... Pois se Deus não pode mentir por Ele mesmo e não mente e é a justiça e o justo supremo seria incoerente ele permitir a mulher ser maior do que quem Ele deu autoridade, pois uma vez que Deus o autoriza não mais retira este poder... Se ele disse sejas-vos homem a cabeça e a mulher a ajudadora não mais vai mudar os papeis... Quem ignorar o conceito de Deus será ignorado por Deus... Não podemos nos discutir isto... Mas veja o papel do homem há face da mulher que ele ame-a como a si mesmo já o papel da mulher é só ser submissa ao seu esposo; Deus nem mesmo ordena a ela precisar amar ao esposo... E sendo ela submissa ao homem como ela poderia ser maior que outros homens? Não pode assim diz Paulo que se cale enfrente a igreja a congregação dos homens chamados por Deus... Mas não disse que a mulher fique calada na sua casa... Na igreja e diante dos homens, pois é desonra ela não ser submissa ao seu esposo então logo ele a cabeça falara por sua casa, mas na ausência do esposo dentro de sua casa a esposa é quem determina e deve ser respeitada como a segunda em comando e a que estará no lugar do esposo... Quem disse que a esposa não pode gerir com o que lhe é próprio? Porem diante de homens na congregação é desonra ela falar das coisas que são de Deus, pois o homem é a cabeça e o escolhido por Deus para exercer este papel...

Anônimo disse...

A Paz de Deus.

Essa questão sobre as mulheres presidirem cultos pode ser relacionada com a explicação sobre as autoridades da igreja que o apóstolo Paulo pregou em 1º Coríntios Cap. 11.

Muito boa essa interação entre os irmãos, e que Deus nos abençoe e continue iluminando nossas mentes, para que todos juntos possamos habitar na Sião Celestial.

Anônimo disse...

Meu nome é Paulo adorador...fui chamado para pregar o evangelho de cristo,percebir com tempo o espírito santo me possuindo cada vez mais...e simplesmente quero falar para vcs sejam cheio do espírito santo e seram livres...pois assim dos mandamentos só ele,e ele tem autoridade para ignorar coisas que estão inclusas em costumes,doutrinas,leis,etc...te falo pois uma consciência cheio do espírito de Deus não é uma consciência humana natural terrena que senti o julgo da lei..tem coisas que são só para ter regras e não para trazer perspectivas de juízo pois jesus já libertou a vós...sejam cheio do espírito santo e ele esta acima de tudo e de todos...assim vc mulher terá liberdade e poder...fiquem na paz do senhor...

Anônimo disse...

Penso que a autora desse post quando vai à Igreja deverá perguntar onde é o banheiro, por intermédio de mímica, e nem um amém deve dizer, visto que o apóstolo Paulo proibiu mulheres de falar na Igreja, aconselho a ela e a todas as mulheres aprenderem a linguagem dos sinais, eu já comecei a aprender.

Lindalva Cordeiro disse...

Aline, então urgentemente temos que dar cursos de linguagem de sinais nas Igreja, pois temos que compreender a palavra como ela é, sem subeterfúgios, Paulo disse "proibido falar na Igreja", o que é falar, proferir palavras oralmente, então, nada de mulher falar dentro da Igreja, nem perguntar onde é o banheiro, nem mandar o filho parar de correr, mímicas tudo bem. Vamos começar a ensinar as mulheres a se comunica por mímica, dessa forma não transgrediremos as palavras de Paulo.

Anônimo disse...

a biblia foi escrita para ser seguida e nao para pegar o que nos conforta e seguir. esta dizendo que a mulher tem que ficar quieta entao ela que fique quieta. agora me vem essas mulheres pregando e pulando fazendo aue nas igrejas

BERNARDO disse...

NO MEU PONTO DE VISTA AS MULHERES PODEM SER PASTORAS SIM E PODEM SER TÃO USADAS POR DEUS NO MINISTERIO QUANTO OS HOMENS AS DEMOMINAÇÕES QUE PROIBEM ISTO SÃO SEITAS COMO TESTEMUNHAS DE JEOVA E CONGREGAÇÃO CRISTA DO BRASIL,SEITAS QUE FALAM QUE É PROIBIDO FAZER TRANSFUSÃO DE SANGUE NÃO FAZEM CASAMENTO NÃO ACREDITAM NA RESSURREIÇÃO FISICA DE JESUS FALAM QUE PRA MULHER ORAR TEM QUE USAR O VEU E ETC ,COLOCAM PESO EM SEUS FIEIS QUE A PROPRIA BIBLIA NÃO COLOCA O QUE QUE JESUS DISSE:ERRAIS PORQUE NÃO CONHECEIS AS ESCRITURAS E NEM O PODER DE DEUS EU ACHO QUE ESTA QUESTÃO DE PODER PREGAR OU NÃO PODER NÃO DEVIA SER NEM DISCUTIDA POIS O IDE DE JESUS É PRA TODOS O ESPIRITO SANTO É O MESMO E ELE USA TANTO HOMEN COMO MULHER "DEUS NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS"1CORINTIOS 14:35,37 NÃO FALA SOBRE PREGAR FALA SOBRE A MULHER APRENDER ,NAQUELA EPOCA AS MULHERES FALAVAM MAIS QUE OS HOMENS E O APOSTOLO PAULO ESTAVA FALANDO SOBRE A ORDEM NO CULTO E PRIMEIRO TIMOTEO 2;12 DIZ ASSIM:não permito que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o "MARIDO"(não fala sobre a igreja) e verdade que a mulher tem que ser submissa ao marido mas o marido tem que amala tambem assim como Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela JESUS disse: errais porque não conheceis as escrituras e nem o poder de Deus E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que TRABALHAM COMIGO NO EVANGELHO, e com Clemente, e com os meus outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Filipenses 4:3
Saudai a Trifena e a Trifosa, as quais TRABALHAM NO SENHOR. Saudai à amada Pérside, a qual muito trabalhou no Senhor. Romanos 16:12 EXISTEM MUITAS IGREJAS QUE TENTAR COLOCAR EM VOCE PESO QUE A BIBLIA NÃO COLOCA EXEMPLO NÃO PODER USAR BERMUDA OCULOS ESCURO PASSEAR DIVERTIR E ETC DEUS É O DEUS DA ALEGRIA E LIBERDADE COM SANTIDADE É CLARO, NÃO ACEITE PESO QUE A BIBLIA NÃO COLOCA EM VOCE AONDE A O ESPIRITO DE DEUS A LIBERDADE NO MEU PONTO DE VISTA MULHER PODE PREGAR SIM NÃO VEJO DIFERENÇA ENTRE HOMEN E MULHER NO MINISTERIO OQUE DEUS REALMENTE PROCURA NÃO É DISTINÇÃO DE SEXO E SIM UM CORAÇÃO QUEBRANTADO ARREPENDIDO E DISPOSTO A FALAR DO AMOR DELE PRAS ALMAS PERDIDAS ENTÃO VOCE MULHER SE SINTIR O CHAMADO DE DEUS PRA SER PASTORA VA EM FRENTE É DEUS TE CHAMANDO FILHA ELE QUER TE USAR ASSIM COMO ELE USOU O APOSTOLO PAULO, VA EM FRENTE NÃO DEIXE COLOCAREM EM VOCE PESO QUE A BIBLIA NEM DEUS COLOCA !

BERNARDO disse...

JESUS DISSE A SABEDORIA É JUSTIFICADA PELAS SUAS OBRAS

Julia Lemos disse...

De acordo com as escrituras, o homem não foi colocado como o cabeça da casa e sim, da mulher. Portanto, a casa, os serviços domésticas têm a mulher em liderança. Mas também o homem pode e deve cooperar com a mulher. Pode até liderar os serviços domésticos quiser desenvolvendo as tarefas do lar, tradicionalmente relacionadas à mulher no lugar dela. Modernamente, há certos casamentos que funcionam assim, principalmente quando o homem está desempregado. Leia 1 CO. cap. 11.versículo 3