terça-feira, 22 de março de 2011

O que eles pensam...

Um texto muito bom, de um blog muito bom. Indico a todos! 

Entendendo o que se passa "do lado de lá"... ;)

...........................................................

"Não sou machista, mas se tem uma coisa que me incomoda é a independência excessiva de algumas mulheres. Isso é algo que me espanta, que me faz correr e, infelizmente, esta mais comum do que imaginava.

As vezes parece que tem mulher que se orgulha em não depender de um homem. E eu, na minha inferior capacidade intelectual masculina em relação a constante mudança de temperamento feminino, tento entender qual é a graça que as mulheres vêem nisso. Se você for olhar na bíblia, o homem tem tantas responsabilidades. Imagina, a menina esta lá, na casa do pai dela, toda protegidinha, bem tratada e diante de um amor incondicional. O homem que casar com ela e, conseqüentemente, tirá-a de lá terá que ser melhor do que tudo isso que ela viveu até então. Ele vai ter que amar, cuidar, proteger, dar carinho, atenção, compreensão e, além de tudo, dar segurança emocional e financeira. E, levando em conta a sociedade em que vivemos, isso esta cada vez mais difícil. Já a mulher, só precisa amar o marido. Super fácil!

A sociedade de hoje esta conturbada com essa idéia de feminismo e independência da mulher. É o que eu chamo de “Sindrome do Só Pega o Buquê e Não Casa”, isso mesmo, pega o buquê e nada de noivo. Mulheres, se existe uma coisa que espanta um homem é a independência excessiva da mulher. O Homem precisa se sentir o controlador da situação. Não digo isso porque ele quer mandar em tudo, mas sim pelo fato de ser bom para a auto-estima do homem ser o protetor. É a natureza, Deus fez assim. Quando a bíblia diz que o homem é o sacerdote do lar, em outras palavras, ela quer dizer que o homem é quem cuida do lar, da familia, da esposa. 

A mulher é um ser misterioso, algo parecido com um tesouro lendário guardado a sete chaves na ilha mais distante da costa e é um prazer para o homem desvendá-lo. É um prazer para nós, homens, tentar entender a mulher, cuidá-la e protege-la, porém, quando nos vemos pisando em um território em que não somos bem-vindos, partimos em disparada. 

Mulheres, por mais que vocês já tenham vivido muitas situações em que vocês precisaram se virarem sozinhas, entendam que sempre existirá um homem ansioso para fazer com que você não passe por isso novamente. Guarde sua independência, ou melhor, a transforme em sabedoria e façam aquilo que só você sabem fazer muito bem: aconselhar um homem!"

Por Bruno Felipe



6 comentários:

Princesa da Pureza disse...

Nus que ótimo texto...

Os rapazes precisam levantar mais a voz pra que as mulheres totalmente independentes percebam a situação que vivem...

Graças a Deus esse já é o segundo blog de um rapaz que leio sobre o assunto, tomara que mais deles se manifestem...

BjoO querida

Fique na paz de Cristo

lobo disse...

realmente as mulheres independentes e feministas são insuportáveis, principalmente feminista
o desejo da independência é até normal, não sei se nas mulheres, pois não sou mulher pra saber, mas eu acho muito ruim depender dos outros, mesmo que eu esteja em boas mãos, ainda prefiro ser independente

o que deixa as mulheres de hoje insuportável, pelo menos pra mim, não é nem o fato de querer ser independentes, mas sim esse desejo delas de quererem ser homens, sinceramente, por tudo que as feminista fazem, creio que elas odeiam ser mulheres e queriam ter nascido homens, e pra descontar essa frustração, elas fazem tudo pra infernizar a vida dos homens

eu não vejo graça em uma escrava, mas seria horrível relacionar com uma mulher que gostaria de ser o "homem" do casal e exigisse que eu fosse a "mulher"

para as que enchem o peito pra dizer que são independentes e não precisam de homem, o tempo e a solidão servirão de aprendizado

Aline Ramos disse...

Pois é, meninos, concordo com vocês! Realmente é extremamente necessário, e louvável, que os rapazes se manifestem quanto ao padrão feminista que tem sido imposto às mulheres deste século. Essa é uma realidade lastimável e que precisa ser combatida com veemência, principalmente por nós, cristãos. Deus têm o SEU padrão para homens e mulheres, e este padrão está na Bíblia e não em discursos feministas!

Lobo, também acho que uma certa independência é saudável. Por exemplo, o fato da mulher hoje poder dirigir, saber cuidar de finanças, operar em bancos e ter muito mais liberdade é algo que ajuda muito o próprio marido, que normalmente ficava sobrecarregada com todas essas coisas. Fomos criadas pra sermos auxiliadoras, e essa possibilidade de termos mais liberdade pode ajudar nisso. Mas o feminismo, sim, é uma praga! Um vírus terrível que acaba com a identidade feminina. É o que costumo dizer também: o objetivo das feministas é transformar as mulheres em homens! E isso é desvalorizar, ao invés de valorizar a mulher. Cada um de nós tem características específicas, de acordo com o papel específico que Deus designou a nós. Portanto, vivê-las é não apenas saudável e vital, é também uma dádiva!

Abraços, pessoal! ;)

Homem em processo de desenvolvimento disse...

Gostei do texto, muito verdadeiro, mas acredito que o motivo dos homens não gostarem de mulheres independentes possuem raízes mais profundas (afirmo isso por experiência própria sou casado com uma rsrsrs), criei um blog para discutir com homens e mulheres essas raízes. Vejam alguns dos assuntos que estou postando no meu blog:
Homens infantis?
O coração dos homens Lugar inexplorado ou fechado a sete chaves?
Compartilhem com suas amigas e dêm um pulinho lá para juntos resolvermos ou procurarmos resolver o problema dos homens infantis.
http://diferentesnaodesiguais.blogspot.com/

Aline Ramos disse...

Valeu pela dica, meu irmão! Deus o guie com sabedoria e discernimento nesse projeto! Passarei lá sim, pode deixar! ;)

Seja sempre bem-vindo ao MV também! =)

Anônimo disse...

Detesto comunistas, feministas, crentes(evangélicos) e abstemicos.